105 Ouça
Educação financeira
Esportes

Brasil luta para quebrar marca no Mundial

Nas últimas quatro edições da competição, a seleção mais vitoriosa do esporte não chegou nem sequer a uma final

18 Mai 2022 - 18h35Por Janici Demetrio

A Copa do Mundo do Catar está se aproximando, e o Brasil terá pela frente uma marca a ser superada. Nas últimas quatro edições da competição, a seleção mais vitoriosa do esporte não chegou nem sequer a uma final. Foi eliminada três vezes nas quartas (2006, 2010 e 2018) e uma na semi, em 2014, quando foi humilhada por 7 a 1, em casa, pela Alemanha. Será que após 20 anos, o Brasil voltará a uma final de Mundial? Essa e outras perguntas têm movimentado apostadores mundo afora, que podem utilizar a Betano para fazer suas previsões.

Valério Gorges, 40 anos de Rádio Jaraguá

No dia 21 de novembro, Senegal e Holanda darão o pontapé inicial na competição mais aguardada do mundo do esporte. A seleção de Tite chega com moral após ter quebrado o recorde de pontos nas Eliminatórias Sul-Americanas Foram 45 em 17 jogos, superando a campanha da Argentina em 2002, que alcançou 43 pontos. Apesar disso, o Brasil ainda gera desconfiança, pois não tem se saído bem ao enfrentar seleções “pesadas” No ano passado, perdeu a final da Copa América, no Maracanã, para a Argentina. E no último Mundial, foi eliminado pela primeira seleção forte que enfrentou (derrota de 2 a 1 para a Bélgica).

É inegável que o Brasil conta com bons valores e, nos últimos jogos, apresentou um futebol empolgante, mesclando jovens talentos com jogadores experientes. Entre os jovens promissores estão nomes que já se consolidaram no futebol europeu, como Richarlison, Bruno Guimarães, Vinícius Jr., Lucas Paquetá, Antony, entre outros. Se Tite conseguir tirar o melhor das peças que tem à disposição, o Brasil poderá fazer uma campanha bem-sucedida e, talvez, chegar a outra final de Copa do Mundo – seria a oitava de sua gloriosa história.

Mas o Brasil não terá tarefa fácil, pois há outras seleções tradicionais dispostas a levar o caneco para casa. Para citar um rival histórico, a Argentina também vai forte para a competição. Além de ter vencido a última Copa América, o time comandado por Scaloni tem tido boas atuações e conta com a presença de Lionel Messi em campo. E ele tem companheiros de classe para ajudá-lo: Lautaro Martínez, De Paul, Di Maria, Paredes e Lo Celso são alguns dos jogadores que podem ser escolhidos para a missão.

No Catar, o Brasil lutará pelo seu passado, para recuperar seu posto de “seleção mais temida do mundo”. Recentemente, outras forças ascenderam – a França, por exemplo, chegou a três finais nos últimos seis mundiais. E venceu duas. Já o Brasil perdeu o protagonismo. É claro que a história pesa, e a seleção de Pelé, Zico e Ronaldo ainda é a única pentacampeã. Em 2022 veremos se a atual geração conseguirá preservar o legado da Amarelinha e colocá-la, novamente, no lugar mais alto do pódio.

 

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e região? Participe dos nosso grupos do WhatsApp ou do Telegram! 

Valeio Gorges

Matérias Relacionadas

Esportes

Confira o programa Arena dos Sports dessa semana

O Arena dos Sports, da Rádio Jaraguá, é um programa voltado para todas as atividades esportivas, contando com informações e entrevistas com destaques de várias modalidades
Confira o programa Arena dos Sports dessa semana
Esportes

Maurício Junkes fatura quatro medalhas de ouro no Parajesc

O jaraguaense conquistou o primeiro lugar em quatro provas disputadas na piscina do Complexo do Sesi em Blumenau nesta segunda-feira
Maurício Junkes fatura quatro medalhas de ouro no Parajesc
Esportes

Transcatarina tem chegada prevista para sábado em Jaraguá do Sul

Um dos principais encontros do fora de estrada nacional começa nesta terça-feira (5), na cidade de Fraiburgo. A chegada será sábado (9), na Arena e faz parte do calendário dos 146 de Jaraguá do Sul
Transcatarina tem chegada prevista para sábado em Jaraguá do Sul
Esportes

Após empatar com o Próspera, Juventus não tem mais chance de classificação na Série D

Partida ocorreu na tarde de segunda-feira (4) no Estádio da Montanha
Após empatar com o Próspera, Juventus não tem mais chance de classificação na Série D
Ver mais de Esportes