Joaçaba Pneus
ESPORTE

Brasil fecha Mundial de Piscina Curta com 3 bronzes no último dia de competições

16 Dez 2018 - 09h20

O Brasil conquistou três medalhas de bronze mo último dia de competições do Mundial de Natação em Piscina Curta (25 metros), realizado em Hangzhou, na China. Daiene Dias, nos 100 metros borboleta, Felipe Lima, nos 100 metros peito, e Etiene Medeiros, nos 50 metros livre, subiram ao pódio neste domingo.

Nos 100 metros borboleta, Daiene Dias conquistou a medalha de bronze na prova, com o tempo de 56s31, a melhor marca dela na carreira. "Que sonho, não acreditei, foram três vezes nadando meu melhor nessa competição. Só tenho a agradecer. Passa muita coisa pela cabeça. Só tenho gratidão, pela minha família e meu treinador", disse a nadadora, emocionada, em entrevista ao SporTV. A brasileira só foi superada pelas norte-americanas Kelsi Worrell Dahlia (55s01) e Kendyl Stewart (56s22).

O segundo bronze do dia para o Brasil foi conquistado por Felipe Lima, nos 100 metros peito, com o tempo de 25s80, só 39 centésimos mais lento do que o sul-africano Cameron van der Burgh e três centésimos do que o bielo-russo Ilya Shymanovich. João Gomes Júnior terminou a prova com o tempo de 26s02, em sexto lugar.

Etiene Medeiros ficou em terceiro lugar nos 50 metros livre, com o tempo de 23s76. A brasileira, que quebrou o recorde sul-americano da prova, foi superada apenas pelas holandesas Ranomi Kromowidjojo (23s19) e Femke Heemskerk (23s67). "Foi uma prova muito disputada, muito forte. Quando cheguei e vi o que aconteceu. Foi incrível. Depois de tudo nessa semana. Só tenho a agradecer", disse a nadadora.

A última chance de medalha do Brasil no dia foi na prova dos 4x100 metros medley, mas o Brasil ficou em quarto lugar. O conjunto formado por Guilherme Guido (costas), Felipe Lima (peito), Nicholas Santos (borboleta) e Breno Correia (livre) terminou a prova com o tempo de 3min22s00. Estados Unidos foi ouro (3min19s98), Rússia ficou com a prata (3min20s61) e Japão conquistou o bronze (3min21s07).

Na final mais equilibrada deste domingo, o norte-americano Dressel Caeleb conquistou a medalha de ouro em disputa decidida nas últimas braçadas. Segundo colocado, Vladimir Morozov perdeu perdeu a liderança nas últimas braçadas e terminou a prova apenas dois centésimos depois do vencedor. O bronze ficou com o sul-africano Chad Le Clos, com o tempo de 45s89.

Ao todo, o Brasil terminou o Mundial de Piscina Curta com oito medalhas, sendo duas de ouro, com Nicholas Santos nos 50 metros borboleta e com o revezamento masculino dos 4x200 livre, e seis bronzes. Neste sábado, a equipe brasileira conquistou terceiras colocações com Brandonn Almeida, nos 400 metros medley, e com os revezamentos masculinos dos 4x100 metros livre e 4x50 metros medley.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Esportes

Delegação de xadrez conquista medalhas e troféus em Timbó

O próximo compromisso será o Festival Catarinense da Juventude (Fecaj), em São Bento do Sul, nos dias 18, 19 e 20
Delegação de xadrez conquista medalhas e troféus em Timbó
Esportes

Abel e Simone garantem medalhas no Troféu Brasil de Atletismo

Superando expectativas, Simone conquistou ouro nos cinco mil metros rasos (16'13"90) e prata nos três mil metros com barreiras
Abel e Simone garantem medalhas no Troféu Brasil de Atletismo
Esportes

Juventus perde para o Esportivo pel a série D

A próxima partida do Juventus é no clássico contra o Joinville. O jogo acontece na Arena Joinville às 15 horas de sábado (19)
Juventus perde para o Esportivo pel a série D
Esportes

Brasil abre Copa América com boa vitória sobre a Venezuela

Seleção faz 3 a 0 com gols de Marquinhos, Neymar e Gabriel Barbosa
Brasil abre Copa América com boa vitória sobre a Venezuela
Ver mais de Esportes