Delivery Much
ESPORTE

Brasil bate os Estados Unidos e leva o ouro no 4x100m no Mundial de Revezamentos

12 Mai 2019 - 11h37

O Brasil derrotou o forte time norte-americano e levou a medalha de ouro no 4x100 metros no Mundial de Revezamentos, realizado em Yokohama, no Japão. Os brasileiros Rodrigo Nascimento, Derick Silva, Jorge Vides e Paulo André Oliveira cravaram 38s05, dois centésimos à frente do quarteto dos Estados Unidos, que tem como atleta principal Justin Gatlin, atual campeão mundial dos 100m rasos. Os britânicos anotaram 38s15 e ficaram e completaram o pódio.

O título do Brasil na modalidade foi conquistado neste domingo em um palco conhecido, o Estádio de Yokohama, onde a seleção brasileira de futebol, liderada por Rivaldo e Ronaldo, foi pentacampeã da Copa do Mundo em 2002.

Além de garantir o ouro, que pode ser considerado histórico pois é o primeiro do Brasil em uma competição de nível mundial - o time brasileiro foi prata na Olimpíada de Sydney 2000 e bronze em Atlanta 1996 e Pequim 2008, além de ter subido no pódio em alguns Campeonatos Mundiais -, o quarteto brasileiro alcançou a melhor marca mundial na temporada.

"A gente conseguiu ser campeão mundial e ninguém tira isso da gente", comemorou Paulo André, atleta mais rápido do Brasil na atualidade e que foi responsável por fechar o revezamento.

OUTROS RESULTADOS - Se não deu no masculino, na disputa feminina do revezamento 4x100 metros, os Estados Unidos triunfaram. As norte-americanas brilharam e ficaram com o ouro ao anotar o tempo de 43s27, apenas dois centésimos à frente das atletas da Jamaica. A Alemanha completou o pódio.

As brasileiras Ana Carolina Azevedo, Lorraine Martins, Franciela Krasucki e Vitória Rosa fizeram 43s75 terminaram na quarta colocação e ficaram perto do bronze no final do revezamento, quando Vitória Rosa pegou o bastão de Franciela em quinto lugar e quase conseguiu ultrapassar a alemã na reta final.

Na prova mista do 4x400 metros, que vai estrear nos Jogos Olímpicos em Tóquio-2020, o Brasil fez o tempo de 3min20s71 e ficou com a sexta colocação. Os Estados Unidos foram campeões da prova, que teve o Canadá no segundo posto e os quenianos em terceiro.

No 4x400 metros masculino, Trinidad e Tobago surpreendeu e foi campeão. Entre as mulheres, mais uma surpresa: a Polônia, que conquistou o título deixando as norte-americanas em segundo lugar. As italianas chegaram em terceiro.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Esportes

Copa do Brasil: CBF altera fórmula e edição 2021 terá uma fase a menos

Clubes classificados por outras competições ingressam na 3ª fase
Copa do Brasil: CBF altera fórmula e edição 2021 terá uma fase a menos
Esportes

Final da Libertadores faz CBF mudar jogos de Palmeiras e Santos

Equipes atuariam no Brasileiro um dia após final continental
Esportes

Após 20 anos, Palmeiras volta à final da Taça Libertadores

Classificação veio mesmo com derrota por 2 a 0 para o River Plate
Após 20 anos, Palmeiras volta à final da Taça Libertadores
Esportes

Série B: Chapecoense garante volta à elite do futebol brasileiro

Acesso foi conquistado com vitória de 2 a 1 sobre Figueirense
Série B: Chapecoense garante volta à elite do futebol brasileiro
Ver mais de Esportes