ESPORTE

Autoridades da Alemanha revelam rede de doping com 21 atletas de 5 modalidades

20 Mar 2019 - 14h15

Promotores da Alemanha revelaram nesta quarta-feira que descobriram uma rede de doping que envolve 21 atletas de cinco modalidades esportivas em diversos países. O caso foi desvendado a partir de prisões realizadas durante o Mundial de Esqui Nórdico, na cidade de Seefeld, na Áustria, no fim de fevereiro.

De acordo com o promotor Kai Graeber, de Munique, trata-se de casos de doping sanguíneo, que define técnicas usadas por atletas e médicos para aumentar a quantidade de hemácias no saque com o objetivo de favorecer a oxigenação do sangue - o que favorece a resistência física em atividades aeróbicas.

Graeber revelou nesta quarta que a rede de doping deste tipo já alcança dez países desde 2011. E disse acreditar que "alcança os três dígitos o número de casos de retirada de sangue e 'retransfusão' pelo mundo". Ele afirmou também que os casos devem estar espalhados por outros países, ainda não identificados.

O procurador alemão, que está trabalhando em parceria com autoridades austríacas, evitou revelar o nome dos atletas flagrados e também as modalidades. Mas antecipou que três da cinco modalidades são de inverno.

A investigação teve início em fevereiro, quando a polícia austríaca prendeu cinco atletas durante o Mundial de Esqui Nórdico, em Seefeld. Foram os locais Dominik Baldauf e Max Hauke, os estonianos Karel Tammjaerv e Andreas Veerpalu e o casaque Alexey Poltoranin, além de outras quatro pessoas - sendo dois médicos - que, alegadamente, faziam parte de uma organização sediada na cidade alemã de Erfurt.

Nos dias seguintes, a Federação Internacional de Esqui (FIE, na sigla em inglês) e autoridades antidoping da Áustria suspenderam de forma provisória os cinco atletas que estavam competindo no Mundial.

Além disso, o caso se espalhou também para o ciclismo. Dois austríacos da modalidade, que já disputaram a tradicional Volta da França, também foram suspensos. Um dos médicos detidos, Mark Schmidt, é conhecido por trabalhar com o ciclismo profissional.

De acordo com o procurador alemão, a mais recente prisão aconteceu na cidade alemã de Erfurt, na segunda-feira. O detido é acusado de fazer o serviço de transporte de sangue para os atletas. Segundo Graeber, ele não tem conhecimento técnico e médico para fazer as transfusões, mas "aprendia na prática" como fazer.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Lojas de Jaraguá ficam abertas até 17h neste sábado

Segundo Talita Beber, presidente da CDL Jaraguá do Sul, o comércio local está preparado com promoções, ações de vendas casadas e, com foco na segurança por causa da pandemia
Lojas de Jaraguá ficam abertas até 17h neste sábado
Esportes

Hercílio Luz é condenado por escalação irregular com perda de três pontos e multa de R$ 15 mil

Já eliminado, Leão do Sul perde vaga nas quartas de final do Campeonato Catarinense
Hercílio Luz é condenado por escalação irregular com perda de três pontos e multa de R$ 15 mil
Esportes

Jaraguá Futsal vence o Pato pela Copa do Brasil

Com o resultado, o Jaraguá pode até empatar o duelo de volta que se classifica à segunda fase
Jaraguá Futsal vence o Pato pela Copa do Brasil
Geral

Marcada data da licitação do Centro de Treinamento Esportivo

O projeto prevê duas quadras poliesportivas com arquibancadas, vestiários, banheiros, sala administrativa e depósito/almoxarifado
Marcada data da licitação do Centro de Treinamento Esportivo
Ver mais de Esportes