ESPORTE

Arsenal perde pênalti no fim, empata com Tottenham e pode deixar o G4 do Inglês

02 Mar 2019 - 12h57

Em um clássico cheio de emoção e polêmica de arbitragem, Tottenham e Arsenal ficaram no empate por 1 a 1, neste sábado, no estádio de Wembley, em Londres, pela abertura da 29.ª rodada do Campeonato Inglês. O resultado foi melhor para o clube mandante, que se mantém na terceira colocação. Mas poderia ser diferente, pois o rival desperdiçou uma cobrança de pênalti com o atacante gabonês Aubameyang aos 45 minutos do segundo tempo - fato que pode tirar o time do G4 da competição, que dá vaga na próxima edição da Liga dos Campeões da Europa.

A igualdade no clássico de maior rivalidade em Londres foi o primeiro do Tottenham neste Campeonato Inglês - antes foram 20 vitórias e oito derrotas. Há 32 jogos, os comandados do técnico argentino Mauricio Pocchetino não empatavam na competição. Com 61 pontos, o time permanecerá na terceira colocação ao final desta rodada com quatro de diferença para o Arsenal, que pode perder a quarta posição se o Manchester United, em quinto com 55, derrotar em casa o Southampton neste sábado.

Em campo, o Arsenal não se intimidou de jogar na "casa" do Tottenham e se deu bem nos primeiros minutos. Aos 15, Koscielny desarmou Harry Kane dentro da área e afastou a bola com um chutão para o ataque. No meio do campo, o zagueiro Sánchez errou ao tentar rebater de cabeça e a bola ficou com Lacazette, que aproveitou o espaço vazio para lançar Ramsey em velocidade. Livre, o galês avançou em direção ao gol e mostrou calma para driblar o goleiro Hugo Lloris e abrir o placar.

A partir daí, o Tottenham acordou e foi para o ataque. Teve um gol anulado por impedimento de Kane, aos 23 minutos, e obrigou o goleiro Leno a fazer duas grandes defesas em sequência aos 43. Primeiro em um chute de Eriksen, à queima-roupa, defendido com os pés. Na sequência, Sissoko aproveitou o rebote da entrada da área e mandou de primeira, forçando o alemão a espalmar com a mão esquerda.

Para o segundo tempo, a ordem no Arsenal era tentar aproveitar os contra-ataques. Eles não vieram e aos 28 minutos o Tottenham conseguiu um pênalti de forma irregular. Após cobrança de falta, Harry Kane, em posição de impedimento, foi derrubado na área por Mustafi. O árbitro marcou a falta e na cobrança o centroavante bateu com perfeição. Foi o nono gol de Kane em nove jogos contra o rival.

No final, o árbitro marcou mais um pênalti polêmico, desta vez para o Arsenal. Aubameyang foi para a cobrança, mas viu Lloris espalmar a bola em seu canto direito. No rebote, por pouco o gabonês se redimiu - o zagueiro belga Vertonghen conseguiu bloquear o chute dentro da pequena área e mandar a bola para escanteio.

Ainda teve tempo para o uruguaio Lucas Torreira, do Arsenal, ser expulso de forma direta com o cartão vermelho após acertar um carrinho violento em Danny Rose, aos 47 minutos.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Esportes

Após queda na Libertadores, Renato Gaúcho deixa comando do Grêmio

Técnico ficou no cargo por quatro anos e sete meses, com sete títulos
Após queda na Libertadores, Renato Gaúcho deixa comando do Grêmio
Esportes

Vasco encerra tabu, derrota Flamengo e segue vivo no Carioca

Cruzmaltino, que não superava o rival há 17 jogos, assume 5º lugar
Vasco encerra tabu, derrota Flamengo e segue vivo no Carioca
Esportes

Grêmio perde outra vez para Del Valle e dá adeus à Libertadores

Tricolor segue para Sul-Americana e algozes serão rivais do Palmeiras
Grêmio perde outra vez para Del Valle e dá adeus à Libertadores
Esportes

Secretaria de Esporte seleciona alunos para a prática do tiro ao alvo

Para participar da seleção é preciso ser brasileiro nato ou naturalizado, residir em Jaraguá do Sul e ter idade mínima seis anos completos até a data da inscrição
Secretaria de Esporte seleciona alunos para a prática do tiro ao alvo
Ver mais de Esportes