Esportes

Abel e Simone garantem medalhas no Troféu Brasil de Atletismo

Superando expectativas, Simone conquistou ouro nos cinco mil metros rasos (16'13"90) e prata nos três mil metros com barreiras

14 Jun 2021 - 11h14Por Janici Demetrio
Abel e Simone garantem medalhas no Troféu Brasil de Atletismo - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O técnico Abel Curtinove e a atleta Simone Ponte Ferraz retornam a Jaraguá do Sul com medalhas do Troféu Brasil, que ocorreu no fim de semana, no Centro Olímpico de Treinamento da Vila Clementino, em São Paulo. Mais de 850 atletas representam 141 clubes de todos os países da América Latina. 

Superando expectativas, Simone conquistou ouro nos cinco mil metros rasos (16’13”90) e prata nos três mil metros com barreiras, repetindo a dobradinha com Tatiane Raquel da Silva, pentacampeã da prova, na semana passada, durante o Sul-Americano, em Guayaquil, no Equador. A aposta era de medalha nos três mil metros com obstáculos, prova que pode levar a atleta às Olimpíadas. As conquistas somam pontos e devem colocá-la entre as 45 melhores do ranking mundial que serão convocadas para os Jogos Olímpicos. Há duas maneiras de alcançar o objetivo: pontuar nas provas para subir no ranking mundial ou atingir a marca olímpica de 9’30”. A sua melhor marca foi de 9’45”, no Equador.

“Continuo na briga por uma vaga em Tóquio nos três mil com obstáculos. Mesmo sendo vice-campeã brasileira e vice Sul-Americana, a busca por pontos ocorre semana a semana. Sigo confiante e acredito em Tóquio. O atleta deve acordar todos os dias pensando nas olimpíadas e este é meu foco nos últimos anos”, explicou. 

A atleta agradeceu aos treinadores que contribuíram para a sua trajetória no esporte, desde Ponte Serrada, no interior de Santa Catarina, de onde é natural, até a chegada em Jaraguá do Sul, pelas mãos do treinador Adriano Mouras.

“Larguei forte nos 5000 mil, fiz uma boa prova, senti frio e cansaço, mas me sagrei campeã brasileira pela primeira vez, conquistando ouro no Troféu Brasil, que representa uma conquista muito importante para o meu currículo como atleta. Na prova dos três mil sou sempre vice nos últimos anos”.

A atleta soma três medalhas de prata nos três mil com obstáculos e três de bronze, das quais, uma nos três mil e duas nos cinco mil metros.

“Estou sempre brigando, é muito bom ser campeã e espero repetir este feito por muitos anos”, disse.

Abel Curtinove, um dos profissionais do Bolsa Técnico Desportivo da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Jaraguá do Sul, que compete como atleta pelo município de Blumenau, conquistou a medalha de prata no salto com vara, com a marca de 5,20 metros. Abel foi medalha de bronze no Sul-americano de Atletismo, em Guayaquil, no Equador, na semana passada, com a mesma marca. O índice olímpico é de 5,80 metros.

Matérias Relacionadas

Esportes

Olimpíada: Fernando Scheffer fatura bronze na natação

Nadador gaúcho fica em terceiro nos 200 metros livre
Olimpíada: Fernando Scheffer fatura bronze na natação
Esportes

Juventus vence o Aimoré e conquista a primeira vitória fora de casa na temporada

Com o resultado, o time jaraguaense segue no G-4 do Grupo A8, ocupando a quarta colocação, agora com 11 pontos
Juventus vence o Aimoré e conquista a primeira vitória fora de casa na temporada
Esportes

Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020

Atleta é a mais jovem na história a conquistar uma medalha para o país
Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020
Esportes

Atleta de Jaraguá manda notícias das Olimpíadas de Tóquio

Atleta de Jaraguá manda notícias das Olimpíadas de Tóquio
Ver mais de Esportes