Eleições 2020

Juíza Eleitoral Cândida Inês Brugnoli orienta sobre o pleito eleitoral deste domingo

Neste ano, o tempo de votação foi ampliado em uma hora e começará mais cedo: o horário será das 7h às 17h. Porém, o período das 7h às 10h é preferencial para maiores de 60 anos

13 Nov 2020 - 09h15Por Janici Demetrio
Juíza Eleitoral, Cândida Inês Brugnoli, reforça os cuidados para evitar o coronavírus, durante o período de votação  - Crédito: Janici Demetrio Juíza Eleitoral, Cândida Inês Brugnoli, reforça os cuidados para evitar o coronavírus, durante o período de votação - Crédito: Janici Demetrio

Mais de 180 mil eleitores devem ir às urnas nos cinco municípios da microrregião, no próximo domingo (15) para eleger prefeitos e vereadores. Entre os cinco municípios, Jaraguá concentra o maior número de eleitores, 114.223. Em seguida Guaramirim com 30.590, Schroeder 13.330, Massaranduba 12.806 e Corupá 11.032.

Em Santa Catarina são 5.205.931 eleitores aptos a votarem nos 295 municípios catarinenses. Para o pleito deste ano, a Justiça Eleitoral conta com um corpo de 15,4 mil servidores e colaboradores, 2.645 juízes eleitorais, bem como um batalhão de aproximadamente dois milhões de mesários. No dia 15 de novembro, primeiro turno do pleito, os eleitores votarão em 556 mil urnas eletrônicas, nas mais de 480 mil seções eleitorais distribuídas por 95 mil locais de votação. 

Confira as principais orientações para o domingo das eleições

Em entrevista à Rádio Jaraguá, a juíza da 17ª Zona Eleitoral, Cândida Inês Zoellner Brugnoli, orientou o eleitor, candidatos e partidos sobre as principais regras eleitorais. 

Rádio Jaraguá · Entrevista Juíza Cândida Inês Brugnoli - 13-11

Neste ano, o tempo de votação foi ampliado em uma hora e começará mais cedo: o horário será das 7h às 17h. Porém, o período das 7h às 10h é preferencial para maiores de 60 anos. Os demais eleitores não serão proibidos de votar neste horário, mas devem, se possível, comparecer a partir das 10h, respeitando a preferência.

Documento para votar

Caso o eleitor já tenha feito o cadastramento biométrico e tiver o aplicativo e-Título, poderá utilizá-lo para comprovar sua identidade na hora de votar. Os eleitores que não fizeram o cadastramento biométrico também podem utilizar o e-Título, mas, nesse caso, precisam levar um documento de identificação com foto no dia da votação.

São aceitos documentos que comprovem a identidade do eleitor, como a carteira de identidade; carteira profissional emitida por conselho de classe; passaporte; carteira nacional de habilitação; carteira de trabalho e previdência social (CTPS) e certificado de reservista.

Protocolos sanitários

Para garantir maior segurança ao eleitor durante as Eleições 2020, nos locais de votação, o uso de máscara será obrigatório, e o votante será orientado a manter uma distância mínima de um metro de outras pessoas e evitar qualquer contato físico. Não será permitido se alimentar, beber ou fazer qualquer atividade que exija a retirada da máscara.

Além da máscara, se possível, cada eleitor deve levar sua própria caneta para assinar o caderno de votação e levar anotados os nomes e números dos candidatos (a “cola eleitoral”) para votar o mais rápido possível. A Justiça Eleitoral orienta que, de preferência, o eleitor não leve crianças ou acompanhantes para o local de votação.

Clique para baixar card com as dicas ao eleitor.

Onde votar

Para votar não é necessário levar o título eleitoral, porém é importante que o eleitor saiba qual é a sua seção eleitoral, informação que poderá ser obtida no próprio título, ou por meio de consulta ao site do TRE-SC. No e-Título também é possível consultar o local de votação.

Aproveite também a visita à página oficial do TRE catarinense e confira se o seu local de votação mudou em Alteração Emergencial dos Locais de Votação  e Locais de Votação Alterados de Novembro de 2016 a Agosto de 2020.

Preferência para votar

Alguns eleitores têm preferência na hora de votar: pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, candidatos, juízes eleitorais e seus auxiliares, servidores da Justiça Eleitoral, promotores eleitorais, policiais militares em serviço, maiores de 60 anos, enfermos, obesos, mulheres grávidas, lactantes, aqueles acompanhados com criança de colo e pessoas com Transtorno do Espectro Autista (assim como seus acompanhantes).

Essa preferência considerará a ordem de chegada à fila de votação, exceto nos casos de eleitores maiores de 80 anos, que terão preferência sobre os demais eleitores independentemente do momento de sua chegada à seção eleitoral.

Cola eleitoral e consulta de candidatos

Na hora da votação é recomendável que o eleitor leve sua cola eleitoral com o número dos candidatos. Para consultar os candidatos que estão concorrendo às eleições, acesse o Sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais.

Como votar

Nas Eleições Municipais 2020, os eleitores irão votar para prefeito e vereador. No site do TSE, é possível treinar o voto por meio do Simulador de Votação.

O que pode e o que não pode no dia da votação

No dia da votação, é permitida a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor por partido político, coligação ou candidato, revelada exclusivamente pelo uso de bandeiras, broches, dísticos, adesivos e camisetas.

Também é permitido que, nos crachás dos fiscais partidários, nos trabalhos de votação, constem o nome e a sigla do partido político ou da coligação a que sirvam, sendo vedada a padronização do vestuário.

No dia das Eleições 2020, é proibida a divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos.

Também são vedados, até o término do horário de votação, com ou sem utilização de veículos: aglomeração de pessoas portando vestuário padronizado ou instrumentos de propaganda; caracterização de manifestação coletiva e/ou ruidosa; abordagem, aliciamento, utilização de métodos de persuasão ou convencimento; e distribuição de camisetas.

A legislação proíbe ainda: o uso de alto-falantes, amplificadores de som, comício, carreata e qualquer veículo com jingles; a arregimentação de eleitor ou a propaganda de boca de urna; e o derrame de santinhos e outros impressos no local de votação ou nas vias próximas, ainda que realizado na véspera da eleição.

Disque-Eleitor

Em caso de dúvidas, o eleitor pode ligar para o Disque-Eleitor do TRE-SC, no número 0800-647-3888, a ligação é gratuita. No domingo da eleição, o Disque-Eleitor funcionará das 6h às 18h.

Por Assessoria de Comunicação Social do TRE-SC
Com informações do TSE

 

 

 

Matérias Relacionadas

Saúde

Cirurgias eletivas são suspensas por 20 dias em SC

Não estão suspensas as urgências e as emergências e nem os procedimentos tempo-sensíveis - aqueles em que a vida do paciente pode estar em risco
Cirurgias eletivas são suspensas por 20 dias em SC
Eleições 2020

Termina hoje prazo para justificar ausência no 1º turno

Em Jaraguá do Sul, o atendimento presencial no Cartório Eleitoral está suspenso por conta da pandemia. Porém, o eleitor que necessitar pode entrar em contato através do WhatsApp
Termina hoje prazo para justificar ausência no 1º turno
Eleições 2020

Prazo para mesário faltoso justificar ausência acaba hoje

Posse dos candidatos eleitos será no dia 1º de janeiro
Geral

Justiça Eleitoral volta a expedir título de eleitor via atendimento virtual

Todos os pedidos encaminhados virtualmente deverão estar acompanhados de uma imagem do documento oficial de identificação do cidadão
Ver mais de Eleições 2020