Educação

Santa Catarina tem a segunda menor taxa de analfabetismo do país

16 Jul 2020 - 10h21Por Da Redação
Santa Catarina tem a segunda menor taxa de analfabetismo do país - Crédito: Mauricio Vieira / Arquivo / Secom Crédito: Mauricio Vieira / Arquivo / Secom

A taxa de analfabetismo em Santa Catarina caiu para 2,3% em 2019, ante 2,5% em 2018, conforme dados do módulo Educação de 2019 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua). Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística na manhã desta quarta-feira, 15. O índice é o segundo menor do país, atrás apenas do Rio de Janeiro (2,1%), e quase três vezes menor que a taxa nacional (6,6%). O cálculo considera as pessoas a partir de 15 anos de idade.

Houve redução da taxa de analfabetismo em todos os grupos de idade na comparação com a pesquisa de 2018. No índice das pessoas com mais de 60 anos, por exemplo, houve redução de 8,2% para 7,3% na taxa de analfabetismo. Conforme o IBGE, 62,5% das pessoas analfabetas em Santa Catarina (85 mil pessoas das 136 mil) estão nesta faixa etária. Ainda assim, a taxa de analfabetismo dos idosos catarinenses é menos da metade do que os idosos brasileiros no país (18%).

A queda na taxa de analfabetismo é uma consequência do aumento da escolarização, conforme indicado pela própria pesquisa. O percentual de alunos entre 6 e 14 anos frequentando a escola é de 99,7%. Para alunos de 15 a 17 anos, idade correspondente ao Ensino Médio, a taxa de escolarização é de 93,7%, a quarta maior do país. Além disso, o IBGE aponta que o índice cresce a cada ano, tanto que era de 86,1% em 2016.

“A pesquisa mostra que Santa Catarina vem melhorando os índices em todas as faixas etárias, resultado do trabalho que vem sendo feito no âmbito da Educação estadual. A boa educação é a base para que tenhamos um Estado competitivo, com cada vez melhor qualidade de vida, onde todos se sintam bem e que atraia investimentos. É com base nesse trabalho que seguimos firmes no propósito de promover uma educação pública de qualidade”, destaca o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni.

Nível de instrução e anos estudados

Os indicadores relacionados ao nível de instrução dos catarinenses também tiveram avanço em comparação com 2018. O percentual de pessoas com mais de 25 anos anos de idade que concluíram o Ensino Médio em Santa Catarina subiu de 47,2% para 48,5%. Enquanto isso, o percentual da população com Ensino Superior completo chegou a 18,1%, sendo o grupo que mais cresceu em Santa Catarina desde 2016, quando o índice era de 15%.

A pesquisa indica que 48,9% dos catarinenses com mais de 25 anos de idade tinham 12 anos ou mais de estudo, enquanto 14,9% da população tinha entre 9 e 11 anos de estudo, 25% tinha entre 5 e 8 anos de estudo e 11,2% tinha menos de 5 anos de estudos ou não tinha instrução, cujo percentual em Santa Catarina é o quinto menor do país. Além disso, a faixa de pessoas com 12 anos ou mais de estudo foi a única que cresceu desde 2016, subindo 4,9 pontos percentuais no período.

A média de anos de estudo da população acima de 25 anos em Santa Catarina cresceu de 9,6 para 9,7 em 2019, sendo a sexta maior no país e superior à média nacional (9,4). Se considerado o grupo de pessoas a partir de 15 anos de idade, a média de anos de estudo em Santa Catarina sobe para 9,9 anos na pesquisa de 2019.

Maior índice de pessoas de pessoas ocupadas e estudando

Outra característica de Santa Catarina é a alta proporção da população que estuda e trabalha. A pesquisa indica que, entre 1,52 milhão de habitantes de 15 a 29 anos de idade,  20,9% estavam ocupados e frequentavam a escola em 2019, o maior percentual do país.

Do outro lado, 12,4% dos habitantes do estado na mesma faixa etária não estavam ocupados e não frequentavam escola ou cursos técnicos, pré-vestibulares ou de qualificação profissional, a menor proporção entre todos os Estados. Para efeito de comparação, o percentual nacional foi de 22,1% em 2019.

A pesquisa completa está disponível para acesso no site do IBGE.

Matérias Relacionadas

Educação

 Educadores dos Centros de Educação Infantil de Guaramirim participam de formação

A formação foi conduzida pela psicóloga Charlene Feldmann Chiodini que proporcionou reflexões sobre o trabalho nos CEIs municipais
 Educadores dos Centros de Educação Infantil de Guaramirim participam de formação
Educação

Férias escolares começam hoje em Jaraguá. CMEIs mantêm atendimento

Aulas retornam no dia 2 de agosto. Turmas de berçário e maternal (educação infantil) terão atendimento normal no recesso
Férias escolares começam hoje em Jaraguá. CMEIs mantêm atendimento
Educação

Cerca de 500 crianças serão chamadas para vagas em creches municipais de Jaraguá

Berçário II contemplará crianças nascidas até 31 de março de 2020 e Maternal I, nascidas até 31 de março de 2019
Cerca de 500 crianças serão chamadas para vagas em creches municipais de Jaraguá
Geral

Governo licitará construção de um ginásio esportivo da escola Alvino Tribess

Deputado Vicente Caropreso foi informado que pedido de alvará de construção será feito ainda este mês
Governo licitará construção de um ginásio esportivo da escola Alvino Tribess
Ver mais de Educação