Educação

Retorno das aulas presenciais ainda sem previsão em Santa Cataria

19 Ago 2020 - 06h15Por Da Redação
Retorno das aulas presenciais ainda sem previsão em Santa Cataria - Crédito: Julio Cavalheiro / Arquivo / Secom Crédito: Julio Cavalheiro / Arquivo / Secom

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, apresentou nesta terça-feira, 18, dados sobre o cenário atual da pandemia e o quadro da Covid-19 em Santa Catarina para o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, e a equipe técnica da secretaria. A reunião teve como objetivo esclarecer à Educação sobre os critérios para futura deliberação sobre as aulas presenciais.

A partir dos dados repassados pelo secretário da Saúde, técnicos da Secretaria da Educação atuam para adequar uma proposta para todo o estado a ser deliberada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), com base nas condições sanitárias existentes. O secretário informou que a situação em todas as regiões de SC ainda é considerada gravíssima ou grave, o que representa o momento de atenção para a segurança da população e, ao mesmo tempo, requer ações planejadas.

“Viemos utilizando ferramentas que nos mostram desde os riscos sanitários até modelos epidemiológicos e projeções para algumas semanas. Isto possibilita à Educação conhecer os cenários e realizar o planejamento necessário para suas atividades”, frisou Motta Ribeiro.

Ainda não há data estabelecida para o retorno das aulas presenciais. Um novo posicionamento será feito até a próxima segunda-feira, 24, quando faltarão 15 dias para o fim da vigência do decreto atual, nº 724, de 17 de julho de 2020, que suspende as aulas nas redes pública e privada até 7 de setembro.

“Conhecendo o contexto e mantendo o alinhamento com a Saúde, devemos informar novo posicionamento nos próximos dias, a fim de melhor informar a população sobre planos para atividades remotas e planos de retomada”, comentou Natalino Uggioni.

Nova portaria da Saúde determina suspensão de aulas até o risco moderado

Na segunda-feira, 17, a SES emitiu a Portaria no 592/2020, que determina quais medidas de enfrentamento da Covid-19 devem ser adotadas de acordo com a Avaliação de Risco Potencial nas Regiões de Saúde, classificadas como Gravíssimo, Grave, Alto e Moderado. Entre as atividades que passam por restrição, estão as aulas presenciais no Estado, que devem ser suspensas, inclusive em quadro de risco moderado, o que demanda adequações na estratégia da SED e contínuo monitoramento.

Com a publicação da portaria, o Governo do Estado avança em monitoramento e vigilância da Covid-19, o que vem evitando o colapso do sistema hospitalar para o enfrentamento do novo coronavírus. Ferramentas e metodologias utilizadas pelo Governo permitem conhecer a situação atual e elaborar projeções sobre o quadro de contágio e de ocupação do sistema de saúde.

Matérias Relacionadas

Educação

 Educadores dos Centros de Educação Infantil de Guaramirim participam de formação

A formação foi conduzida pela psicóloga Charlene Feldmann Chiodini que proporcionou reflexões sobre o trabalho nos CEIs municipais
 Educadores dos Centros de Educação Infantil de Guaramirim participam de formação
Educação

Férias escolares começam hoje em Jaraguá. CMEIs mantêm atendimento

Aulas retornam no dia 2 de agosto. Turmas de berçário e maternal (educação infantil) terão atendimento normal no recesso
Férias escolares começam hoje em Jaraguá. CMEIs mantêm atendimento
Educação

Cerca de 500 crianças serão chamadas para vagas em creches municipais de Jaraguá

Berçário II contemplará crianças nascidas até 31 de março de 2020 e Maternal I, nascidas até 31 de março de 2019
Cerca de 500 crianças serão chamadas para vagas em creches municipais de Jaraguá
Geral

Governo licitará construção de um ginásio esportivo da escola Alvino Tribess

Deputado Vicente Caropreso foi informado que pedido de alvará de construção será feito ainda este mês
Governo licitará construção de um ginásio esportivo da escola Alvino Tribess
Ver mais de Educação