Imobiliária Coralli
Economia

Vendas do Dia da Mães no comércio jaraguaense foi de 6%

14 Mai 2012 - 18h33



Um grupo de jovens entre 16 a 21 anos promoveu um ato no centro de Jaraguá do Sul, na manhã de sábado, coletando assinaturas para fazer enrijecer as leis de trânsito, especialmente quanto ao consumo de bebidas alcoolicas. O grupo recolhe assinaturas para um projeto de lei. O major da PM, Rogério Vonk, foi palestrante na Praça Ângelo Piazera. Convidado pelo Movimento Não Foi Acidente, ele falou sobre a lei seca e as ocorrências mais comuns atendidas pela PM, relacionado ao álcool e volante. Outras informações sobre o movimento pode ser obtidas na página www.naofoiacidente.org.


Também na manhã de sábado, a Polícia Militar distribuiu rosas para as mães que passavam pela Rua Getúlio Vargas. Em pouco mais de 15 minutos apenas, foram distribuídas mais de 300 flores. Ainda na manhã de sábado, um helicóptero lançou 30 quilos de pétalas de rosas sobre a cidade de Jaraguá do Sul, uma iniciativa da CDL em comemoração ao Dia das Mães. E falando em Dia das Mães, o comércio de Jaraguá do Sul registrou um incremento de pouco mais de 6% durante esse período, como ressalta o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Neivor Bussolaro.

[jwplayer mediaid="75659"]

Esses números, segundo Neivor, servem para impulsionar as vendas depois de um inicio de ano com vendas aquém das expectativas. Para ele, as novas normas anunciadas pelo Governo Federal, serão benéficas para o comercio.

[jwplayer mediaid="75661"]

 

Matérias Relacionadas

Economia

Criação de empregos em agosto atinge melhor nível em nove anos

Segundo Caged, 249,3 mil postos de trabalho foram abertos mês passado
Criação de empregos em agosto atinge melhor nível em nove anos
Geral

IBGE: taxa de desocupação fica em 13,8% no trimestre de maio a julho

É a maior taxa da série histórica iniciada em 2012
IBGE: taxa de desocupação fica em 13,8% no trimestre de maio a julho
Economia

Contas públicas têm déficit recorde de R$ 87,6 bilhões em agosto

Saldo negativo foi causado pelas despesas vinculadas à pandemia
Contas públicas têm déficit recorde de R$ 87,6 bilhões em agosto
Economia

FIESC lança cartilha para indústria se adequar à Lei de Proteção de Dados

A nova lei prevê sanções que vão de advertência a multa de R$ 50 milhões, dependendo da gravidade da infração, embora a aplicação de penalidade para as empresas que desobedecerem às novas regras tenha sido adiada para agosto de 2021
FIESC lança cartilha para indústria se adequar à Lei de Proteção de Dados
Ver mais de Economia