ECONOMIA

Tudo que Parlamento puder fazer para valorizar salário deve ser feito, diz Maia

16 Abr 2019 - 14h28Por Camila Turtelli

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), abordou com cautela uma possível intervenção do Congresso para forçar o governo a rever a valorização do salário mínimo. "Acho que nós vivemos uma crise fiscal muito grande. Tudo o que o Parlamento puder fazer para valorizar o salário dos brasileiros, a gente precisa fazer. Agora, qualquer encaminhamento populista gera um benefício no curto prazo e um prejuízo no longo prazo", disse.

Maia lembrou o que ocorreu na semana passada com a Petrobras. Depois que o presidente Jair Bolsonaro determinou que a empresa suspendesse o reajuste do preço do diesel, o valor de mercado da companhia recuou R$ 32 bilhões.

"Temos de tomar cuidado que se a gente encaminhar uma valorização do salário mínimo acima das limitações do Orçamento, vamos estar aumentando o déficit público, gerando restrições fiscais e prejudicando o crescimento do Brasil", disse.

"Vamos avaliar a decisão do governo junto com os parlamentares e vamos ter frieza, paciência e equilíbrio para decidir o que é melhor no médio e longo prazos", disse Maia. "Talvez tomar uma decisão divergente do governo no curto prazo possa ser uma decisão correta, mas certamente no longo prazo pode ter impacto negativo e o resultado ser pior do que a proposta pelo governo."

Matérias Relacionadas

Economia

Exportações catarinenses caem 5,5% no primeiro semestre

Recuo nas vendas de carnes de aves e de suínos e também de soja prejudicam desempenho no acumulado do ano; alta nas exportações de motores elétricos e madeira minimizam queda
Exportações catarinenses caem 5,5% no primeiro semestre
Economia

Senado adia votação da reoneração da folha de pagamento de 17 setores

Senado adia votação da reoneração da folha de pagamento de 17 setores
Economia

Câmara aprova texto-base da reforma tributária com trava no IVA

Inclusão de carnes na cesta básica foi aprovada em destaque
Câmara aprova texto-base da reforma tributária com trava no IVA
Economia

INPC fica em 0,25% em junho, acima da inflação oficial

Índice acumula taxas de 2,68% no ano e de 3,70% em 12 meses, diz IBGE
INPC fica em 0,25% em junho, acima da inflação oficial
Ver mais de Economia