Delivery Much
ECONOMIA

Trump decide permitir que aumento de tarifas a produtos chineses entre em vigor

10 Mai 2019 - 01h41

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, decidiu permitir que um aumento de tarifas sobre mais US$ 200 bilhões em produtos da China entre em vigor à 1h01 (de Brasília) desta sexta-feira, como já estava programado, embora os dois países tenham decidido continuar suas discussões comerciais por um segundo dia, segundo o The Wall Street Journal.

Negociadores dos EUA e da China se reuniram ontem, em Washington, e planejam nova reunião na manhã desta sexta, mas as tarifas sobre produtos chineses serão elevadas de qualquer forma, de 10% para 25%, como planejava o governo americano, afirmou uma porta-voz da Casa Branca.

A decisão veio depois que o Representante Comercial dos EUA, Robert Lighthizer, e o Secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, se reuniram com Trump para discutir "as atuais negociações comerciais com a China", segundo comunicado da Casa Branca. As discussões desta sexta ocorrerão no escritório de Lighthizer.

Pequim tem ameaçado retaliar a medida tarifária dos EUA, mas ainda não está claro que ação poderá tomar.

Além do aumento tarifário sobre US$ 200 bilhões em importações chinesas, Trump disse ontem que os EUA estão "começando a preparar os papéis" para impor tarifas de 25% a mais US$ 325 bilhões em produtos da China atualmente isentos de taxação. Fonte: Dow Jones Newswires.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Santa Catarina registra crescimento de 11,1%, o segundo maior do país

O Estado apresentou resultado positivo em quatro indicadores da indústria no acumulado de 2020
Santa Catarina registra crescimento de 11,1%, o segundo maior do país
Economia

Dólar fecha com pequena queda, vendido a R$ 5,31

Bolsa caiu 1,44% em dia de ajustes
Dólar fecha com pequena queda, vendido a R$ 5,31
Geral

Bolsonaro sanciona lei do programa Casa Verde e Amarela

Norma regulamenta novo programa habitacional do governo federal
Economia

Santa Catarina amplia em 35% as exportações de carne suína em 2020

Os números são divulgados pelo Ministério da Economia e analisados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa)
Santa Catarina amplia em 35% as exportações de carne suína em 2020
Ver mais de Economia