transito
ECONOMIA

Transportes sobem 0,92% e geram o maior impacto no IPCA de outubro

07 Nov 2018 - 10h20Por Daniela Amorim

Os transportes voltaram a pressionar o orçamento das famílias em outubro, embora os aumentos de preços tenham sido mais modestos do que os registrados no mês anterior. Os custos aumentaram 0,92% em outubro, após um avanço de 1,69% em setembro, segundo os dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O grupo deu a maior contribuição positiva para o IPCA do último mês, 0,17 ponto porcentual.

Os combustíveis ficaram 2,44% mais caros, o equivalente a uma contribuição de 0,14 ponto porcentual para a inflação de outubro, aproximadamente um terço do IPCA, apesar de terem desacelerado em relação a setembro.

Todos os itens apresentaram aumentos mais contidos na passagem de setembro para outubro: etanol (de 5,42% para 4,07%), óleo diesel (de 6,91% para 2,45%), gasolina (de 3,94% para 2,18%) e gás veicular (de 0,85% para 0,06%).

A alta da gasolina fez o item ter o maior impacto sobre IPCA de outubro, uma contribuição de 0,10 ponto porcentual.

As passagens aéreas tiveram alta de 7,49% no último mês, ante uma elevação de 16,81% em setembro.

Matérias Relacionadas

Trânsito

Detran possibilitará emissão gratuita da carteira de habilitação, em Santa Catarina

Programa CNH Emprego na Pista deve beneficiar pessoas em situação de vulnerabilidade econômica e social
Detran possibilitará emissão gratuita da carteira de habilitação, em Santa Catarina
Economia

Boletim Agropecuário da Epagri aponta valorização de 13% no preço do arroz em Santa Catarina

Com 100% da safra colhida, produto teve aumento em função da enchente prolongada no Rio Grande do Sul
Boletim Agropecuário da Epagri aponta valorização de 13% no preço do arroz em Santa Catarina
Economia

Anatel adota medidas contra venda de celulares não homologados em plataformas de comércio eletrônico

Medida fortalece a regulamentação da ativação do chip FM em celulares homologados no Brasil
Anatel adota medidas contra venda de celulares não homologados em plataformas de comércio eletrônico
Economia

Em 2023, população brasileira ocupada passou dos 100 milhões

De acordo com o IBGE, 37% deles tinham carteira assinada
Em 2023, população brasileira ocupada passou dos 100 milhões
Ver mais de Economia