ECONOMIA

Tembici expande mercados com ajuda do Itaú

26 Fev 2019 - 09h10Por Bruno Romani

A Tembici, startup brasileira que opera as bicicletas do Itaú em São Paulo, expandirá suas atividades na América do Sul por meio de projetos em Buenos Aires, na Argentina, e Santiago, no Chile. As novas operações terão patrocínio de US$ 120 milhões (cerca de R$ 450 milhões) do banco - a Tembici é uma empresa independente que mantém acordos pontuais com o Itaú para operações de projetos de transporte.

"Estamos investindo US$50 milhões no projeto de Santiago e US$ 70 milhões em Buenos Aires, para que tenhamos nessas cidades o mesmo padrão de tecnologia do Brasil", disse Tomás Martins, presidente executivo da Tembici, em nota.

A Tembici ganhou, em julho do ano passado, o direito de operar o sistema de bicicletas públicas de Santiago. Na mesma época, a companhia venceu a licitação para operar o sistema de bicicletas compartilhadas de Buenos Aires, o Ecobici.

Em Santiago, a empresa quer operar 350 estações e atingir um total de 3,5 mil bicicletas até maio deste ano. Já em Buenos Aires, serão 400 estações e 4 mil unidade. A capital argentina receberá a mesma tecnologia já usada pela empresa nas estações de cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, em um investimento de US$ 25 milhões - a inovação inclui funções como senhas de segurança na hora de pagar pelo uso e destravar as bicicletas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Preços de produtos industrializados sobem 3,36% em janeiro

Taxa é maior que índices de dezembro (0,39%) e janeiro de 2020 (0,35%)
Preços de produtos industrializados sobem 3,36% em janeiro
Polícia

Polícia apreende carga de camarão contrabandeado na BR 101, em Garuva

A carga contrabandeada era transportada sem refrigeração adequada e sem nenhum tipo de documentação
Polícia apreende carga de camarão contrabandeado na BR 101, em Garuva
Economia

Preços de gasolina, diesel e gás aumentam hoje nas refinarias

Litro da gasolina ficou R$ 0,12 mais caro (4,8%)
Preços de gasolina, diesel e gás aumentam hoje nas refinarias
Economia

Bolsonaro zera PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha

Medidas foram publicadas em edição extra do Diário Oficial
Bolsonaro zera PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha
Ver mais de Economia