transito
ECONOMIA

Taxas futuras de juros sobem com dólar em meio à cautela política e externa

15 Mai 2019 - 10h52Por Luciana Antonello Xavier

Os juros futuros começaram esta quarta-feira, 15, estáveis, mas em seguida passaram a subir, em linha com o dólar, em dia de cautela no exterior e com o cenário interno, com a paralisação nacional contra os cortes na educação, deixando em segundo plano o resultado fraco do IBC-Br de março.

Após recuar 0,98% em fevereiro (dado revisado), a economia brasileira teve nova baixa em março deste ano. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) recuou 0,28% em março ante fevereiro, na série com ajuste sazonal, informou o BC. A baixa do IBC-Br veio perto da mediana do intervalo projetado pelos analistas do mercado financeiro consultados pelo Broadcast Projeções, que esperavam resultado entre recuo de 1,00% e zero (mediana de -0,30%).

Às 9h21 desta quarta-feira, a taxa do contrato interfinanceiro (DI) para janeiro de 2021 estava em 6,89%, na máxima, de 6,85% no ajuste de terça. O DI para janeiro de 2023 exibia 8,04%, de 7,99% na véspera, enquanto o vencimento para janeiro de 2025 estava em 8,61%, de 8,56% no ajuste anterior.

Matérias Relacionadas

Economia

Receita abre consulta a maior lote de restituição do IR da história

Cerca de 5,6 milhões de contribuintes receberão R$ 9,5 bilhões
Receita abre consulta a maior lote de restituição do IR da história
Economia

Intenção de Consumo das Famílias avança 1,3% em maio

Esse é o segundo resultado positivo consecutivo, apurado pela CNC
Intenção de Consumo das Famílias avança 1,3% em maio
Santa Catarina

Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia

Implantação do novo sistema comercial teria apresentado instabilidade
Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia
Economia

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC
Ver mais de Economia