vacina
ECONOMIA

Ser Educacional compra UniNorte por preço base de R$ 194,8 milhões

17 Abr 2019 - 12h38Por Luana Pavani

A Ser Educacional anuncia a compra da UniNorte, em Manaus. O valor base (Enterprise value) é de R$ 194,814 milhões, do qual será deduzido endividamento líquido de R$ 9,814 milhões.

A transação se deu pela subsidiária Centro Nacional de Ensino Superior, por 100% do capital social da Sociedade de Desenvolvimento Cultural do Amazonas Ltda., mantenedora do Centro Universitário do Norte (UniNorte).

Em nota, a Ser informa que a empresa é líder de mercado na região e que no final de 2018 contava com 25,172 mil alunos com matrícula ativa, dos quais 23,233 mil na graduação. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da UniNorte é de R$ 18,7 milhões.

Na região, a Ser Educacional já atua com a Uninassau.

"Em linha com sua estratégia de buscar ser relevante nessas regiões e presente nas demais regiões do Brasil, o grupo Ser Educacional fortalece sua presença na região Norte do Brasil, assumindo número significativo de alunos de graduação presencial na cidade de Manaus, por meio de uma marca reconhecida na cidade, vencedora da pesquisa top of mind nos últimos 8 anos consecutivos e passa a ser referência de mercado nas duas maiores cidades da região Norte do Brasil, uma vez que já é líder de mercado em Belém, no estado do Pará", diz em nota

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia

Implantação do novo sistema comercial teria apresentado instabilidade
Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia
Economia

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC
Geral

Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos

Estado poderá direcionar R$ 23 bilhões para reconstrução
Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos
Política

Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras

Ela substituirá Jean Paul Prates que pediu saída antecipada
Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras
Ver mais de Economia