Delivery Much
ECONOMIA

Secretário da Fazenda vê receita com privatização da Eletrobras subestimada

09 Mai 2019 - 18h29Por Vinicius Neder

O secretário Especial da Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, afirmou nesta quinta-feira, 9, que a estimativa de receita com o processo de privatização da Eletrobras - por meio de um aumento de capital que reduzirá a participação acionária da União na companhia abaixo de 50% - poderá ficar "alguns bilhões" acima dos R$ 12,2 bilhões inicialmente estimados.

"Esse valor está subestimado, pode ser mais", afirmou Rodrigues, em palestra durante o 31º Fórum Nacional, organizado pelo economista Raul Velloso, no Rio.

Questionado por jornalistas após a palestra, ao deixar o evento, o secretário disse que a receita com a privatização da Eletrobras poderia ficar "alguns bilhões" acima do inicialmente estimado. "Os R$ 12,2 bilhões são um piso", disse o secretário.

Rodrigues evitou dar estimativa mais precisa, mas disse que o valor final dependerá do modelo da operação. Segundo o secretário, o modelo será anunciado em "alguns meses" e poderá ser diferente do proposto no governo Michel Temer.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Prefeitura de Jaraguá contrata estagiários de ensino superior

A partir desta quinta-feira (28) o formulário de inscrição já estará disponível
Prefeitura de Jaraguá contrata estagiários de ensino superior
Economia

Agronegócio responde por 70% das exportações catarinenses em 2020

Agronegócio responde por 70% das exportações catarinenses em 2020
Economia

Confira o calendário de Sábados Legais no comércio de Jaraguá em 2021 

Oportunizando mais tempo para os consumidores fazerem suas compras, a iniciativa tem a primeira edição do ano no próximo dia 6 de fevereiro
Confira o calendário de Sábados Legais no comércio de Jaraguá em 2021 
Economia

Tarifa de água em Guaramirim terá reajuste de 17,48% 

Com o reajuste, a tarifa mínima de água residencial ficará R$ 39,00 e a tarifa mínima comercial R$ 56,96
Tarifa de água em Guaramirim terá reajuste de 17,48% 
Ver mais de Economia