vacina
ECONOMIA

Se Estados não entrarem na reforma, SP apresentará texto próprio, diz Meirelles

22 Mai 2019 - 17h45Por Bárbara Nascimento e Vinicius Neder

O secretário de Fazenda e Planejamento de São Paulo, Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira, 22, que, caso os Estados sejam mesmo retirados da reforma da Previdência, o governo paulista enviará um texto próprio à Assembleia Legislativa. Ele deixou claro, no entanto, que o cenário ideal é que os governos regionais fiquem no texto federal.

"Não há dúvida de que a melhor solução é a entrada dos Estados na reforma, acreditamos inclusive que isso beneficiaria a aprovação da própria reforma federal. Porque isso poderia levar governadores de Estados bastante importantes que têm interesse na reforma estadual a se engajar de maneira mais próxima na reforma", disse ele.

Mais cedo, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que os Estados poderiam ficar de fora do texto.

A opinião de que os Estados devem permanecer no texto federal é compartilhada pelo ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga. "Quem sou eu para ter uma opinião sobre a viabilidade de uma reforma diante da opinião do presidente da Câmara. Mas me parece que uma reforma da Previdência é do interesse da maioria dos Estados", comentou.

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia

Implantação do novo sistema comercial teria apresentado instabilidade
Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia
Economia

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC
Geral

Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos

Estado poderá direcionar R$ 23 bilhões para reconstrução
Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos
Política

Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras

Ela substituirá Jean Paul Prates que pediu saída antecipada
Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras
Ver mais de Economia