ECONOMIA

Rial: não há mais o que falar sobre Previdência; equilíbrio fiscal é necessidade

30 Abr 2019 - 15h19Por Aline Bronzati

O presidente do Santander Brasil, Sergio Rial, disse que não há mais o que falar quanto à reforma da Previdência. "O equilíbrio fiscal é uma necessidade. A dinâmica demográfica do Brasil e do mundo exigem recompromisso claro com equilíbrio fiscal", destacou o executivo, em coletiva de imprensa, nesta manhã de terça-feira, 30, sem dar mais detalhes do impacto de uma reforma desidratada.

Rial chamou a atenção para a necessidade de a agenda econômica adicional à reforma da Previdência avançar caso os ajustes na aposentadoria oficial não avancem no nível que o País precisa sob a ótica dos gastos públicos. Acrescentou ainda que a equipe econômica tem "orientação intelectual e clara do que tem de ser feito".

E completou: "Tenho zero dúvida em relação à agenda econômica que tem de ser feita. Se não conseguirmos a reforma da Previdência que tem de ser feita temos de andar com o restante da agenda econômica".

Sobre a reforma tributária e a possibilidade da criação de algum imposto novo, Rial afirmou que é difícil comentar sem ter "algo desenhado". Do lado do setor financeiro, lembrou que a contribuição social sobre o lucro líquido (CSLL) diminuiu como esperado, mas que não pode se iludir de que algum aumento de tributo para o segmento não terá custo para a sociedade.

"Não pode se iludir que um aumento da carga tributária ao sistema financeiro será uma penalização benigna e custo zero para a sociedade. Não é somente um que paga", concluiu o presidente do Santander.

Matérias Relacionadas

Economia

Exportações catarinenses caem 5,5% no primeiro semestre

Recuo nas vendas de carnes de aves e de suínos e também de soja prejudicam desempenho no acumulado do ano; alta nas exportações de motores elétricos e madeira minimizam queda
Exportações catarinenses caem 5,5% no primeiro semestre
Economia

Senado adia votação da reoneração da folha de pagamento de 17 setores

Senado adia votação da reoneração da folha de pagamento de 17 setores
Economia

Câmara aprova texto-base da reforma tributária com trava no IVA

Inclusão de carnes na cesta básica foi aprovada em destaque
Câmara aprova texto-base da reforma tributária com trava no IVA
Economia

INPC fica em 0,25% em junho, acima da inflação oficial

Índice acumula taxas de 2,68% no ano e de 3,70% em 12 meses, diz IBGE
INPC fica em 0,25% em junho, acima da inflação oficial
Ver mais de Economia