ECONOMIA

Questão do BPC vai exigir nova análise do governo, diz Doria

20 Fev 2019 - 16h45Por Anne Warth e Renan Truffi

Apesar do descontentamento manifestado por vários governadores a respeito de alguns temas da reforma da Previdência, o governador de São Paulo, João Doria, disse que os Estados não devem se opor à proposta. "O sentimento é bom, positivo, e algumas recomendações serão oferecidas à equipe econômica", afirmou. "A posição de São Paulo e da bancada do PSDB na Câmara e no Senado será favorável à reforma."

Doria reconheceu que alguns Estados mostraram preocupação com as mudanças no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e na aposentadoria rural. Na avaliação dele, as diferenças regionais podem ser atendidas, desde que não prejudiquem a estrutura da reforma. "Cada governador vai colocar suas questões, pois existem diferenças regionais", disse. "O tema do BPC vai exigir uma nova análise do governo, mas nenhum tema deve travar a reforma", opinou.

Segundo Doria, o governo fez uma apresentação muito completa aos governadores, com a participação de lideranças da Câmara e do Senado. O governador disse ainda que houve uma discussão polêmica, entre os governadores, para integrar a reforma dos militares à proposta da reforma da Previdência.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Valor médio de auxílio emergencial será de R$ 250, diz Guedes

Expectativa é que benefício comece a ser pago ainda neste mês
Valor médio de auxílio emergencial será de R$ 250, diz Guedes
Economia

Petrobras aumenta preços da gasolina e do diesel nas refinarias

Sexto aumento da gasolina do ano é da ordem de 9,2% para R$ 2,84
Petrobras aumenta preços da gasolina e do diesel nas refinarias
Política

Governo indica seis nomes para Conselho da Petrobras

Indicados serão apresentados à Assembleia Geral Extraordinária
Governo indica seis nomes para Conselho da Petrobras
Saúde

Supremo confirma vigência de medidas sanitárias contra a covid-19

Ministros mantiveram decisão de Lewandowski, de dezembro
Supremo confirma vigência de medidas sanitárias contra a covid-19
Ver mais de Economia