Delivery Much
ECONOMIA

Projeção para superávit comercial em 2019 cai a US$ 50,25 bi, mostra Focus do BC

27 Mai 2019 - 11h57Por Eduardo Rodrigues

Os economistas do mercado financeiro atualizaram a projeção para a balança comercial em 2019 na pesquisa Focus realizada pelo Banco Central, de superávit comercial de US$ 50,50 bilhões para saldo de US$ 50,25 bilhões. Um mês atrás, a previsão era de US$ 50,00 bilhões. Para 2020, a estimativa de superávit passou de US$ 45,55 bilhões para US$ 45,33 bilhões, ante US$ 46,00 bilhões de um mês antes.

Na estimativa mais recente do BC, o saldo positivo de 2019 ficará em US$ 40,00 bilhões. Esta projeção foi atualizada no Relatório Trimestral de Inflação (RTI) de março.

No caso da conta corrente, a previsão contida no Focus para 2019 passou de déficit de US$ 25,19 bilhões para déficit de US$ 25,00 bilhões, ante US$ 25,29 bilhões de um mês antes. Para 2020, a projeção de rombo passou de US$ 35,00 bilhões para US$ 35,30 bilhões. Um mês atrás, o rombo projetado era de US$ 36,35 bilhões.

O BC projeta déficit em conta de US$ 30,8 bilhões em 2019.

Para os analistas consultados semanalmente pelo BC, o ingresso de Investimento Direto no País (IDP) será mais do que suficiente para cobrir o resultado deficitário nos próximos anos. A mediana das previsões para o IDP em 2019 foi de US$ 82,00 bilhões para US$ 83,29 bilhões, ante US$ 82,00 bilhões de um mês atrás.

Para 2020, a expectativa passou de US$ 82,52 bilhões para US$ 84,36 bilhões, ante US$ 84,68 bilhões de um mês antes.

O BC projeta IDP de US$ 90,0 bilhões em 2019.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje

Serão beneficiadas 3,5 milhões de pessoas
Nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje
Economia

Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 22 milhões

A quina teve 75 ganhadores, com prêmio individual de R$ 32.688,93
Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 22 milhões
Economia

Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano

Apesar de alta na inflação, BC decidiu não mexer na Selic
Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
Economia

Copom deve manter juros básicos em 2% ao ano, dizem analistas

Resultado da reunião será divulgado no fim da tarde
Ver mais de Economia