Campanha Sarampo
ECONOMIA

Produção da Vale deve recuar em pelo menos 10% após acidente, prevê Opep

12 Fev 2019 - 15h01Por Célia Froufe, correspondente

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) previu nesta terça-feira, 12, por meio de seu relatório mensal que a tragédia ocorrida no final do mês passado em Brumadinho, Minas Gerais, levará a uma redução de "pelo menos" 10% da produção da Vale. O acidente, como foi descrito pela entidade que tem sede em Viena, ocorreu em uma das maiores operações da empresa brasileira.

Nesse contexto, a Organização salientou que o preço do minério de ferro subiu 10,1% no primeiro mês do ano, como resultado não só do episódio no Brasil, mas ainda por causa de um acidente em um dos portos de embarque da Rio Tinto na Austrália, responsável por atrasar embarques da empresa anglo-australiana.

"A Austrália e o Brasil são o primeiro e o segundo maiores exportadores mundiais de minério de ferro", citou a entidade.

Matérias Relacionadas

Economia

Vendas do varejo sobem 0,1% de julho para agosto

O setor de veículos, motos, partes e peças caiu 1,7% e o segmento de material de construção recuou 0,8% em agosto
Vendas do varejo sobem 0,1% de julho para agosto
Economia

Safra de grãos deve crescer 6,3% e fechar com recorde em 2019

A área colhida de cereais, leguminosas e oleaginosas foi estimada em 63,1 milhões de hectares, ou seja, 3,5% a mais do que em 2018
Safra de grãos deve crescer 6,3% e fechar com recorde em 2019
Santa Catarina

Governo de Santa Catarina economiza R$ 6,4 milhões na compra de combustível em nove meses

O Governo do Estado economizou 896 mil litros de gasolina e óleo diesel em nove meses, resultado do novo modelo de aquisição de combustíveis da frota estadual
Governo de Santa Catarina economiza R$ 6,4 milhões na compra de combustível em nove meses
Economia

Em reunião com Guedes, FIESC defende agenda liberal e mais investimentos em SC

No encontro com o ministro da Economia, na sexta-feira (4), no Rio de Janeiro, o presidente Mario Cezar de Aguiar disse que apesar de Santa Catarina gerar a sétima arrecadação de tributos (R$ 58,7 bilhões) do País, é o 14º estado em recebimento de recurso
Em reunião com Guedes, FIESC defende agenda liberal e mais investimentos em SC
Ver mais de Economia