Economia

Prodec habilita nove empresas e estima investimentos de mais de R$ 1 bilhão

No total, nove empresas foram habilitadas ao Programa e tiveram os projetos de implantação e ampliação aprovados

13 Mar 2019 - 18h30Por SDS
Prodec habilita nove empresas e estima investimentos de mais de R$ 1 bilhão - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Mais de 6 mil empregos diretos e indiretos, mais de um bilhão de investimentos e mais de 200 milhões em arrecadações futuras para o Estado. Foi ressaltando estes números para a vice-governadora, Daniela Reinehr, e para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), em exercício, Felipe Assunção, que o coordenador do Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec), Luiz Eduardo dos Santos, iniciou a primeira reunião do Comitê Técnico, nesta terça-feira (12). 

Câmara de Vereadores de Jaraguá

No total, nove empresas foram habilitadas ao Programa e tiveram os projetos de implantação e ampliação aprovados. A iniciativa vai movimentar a economia e o desenvolvimento nos municípios de São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste, Lages, Garuva, São Carlos, Jaraguá do Sul, Itajaí, Joinville e Santo Amaro da Imperatriz, e consequentemente, o de Santa Catarina. 

Ressaltando a importância da união de esforços para acelerar cada vez mais o progresso em relação aos objetivos de desenvolvimento econômico e sustentável do Estado, a vice-governadora, Daniela Reinehr, disse que é uma das metas do Governo, por meio da SDS, o fomento ao empreendedorismo, visando gerar mais emprego e renda, rapidamente, resultando também, em mais arrecadação para o Estado. 

“Vivemos em um estado que tem vocação empreendedora, uma terra de oportunidades, onde devemos planejar o futuro. Por isso, vejo que Santa Catarina precisa de mais ações como esta, que promovam um salto no desenvolvimento. O Prodec tem certamente papel importante nessa cadeia, incentivando a implantação e a expansão de empreendimentos e atuando na geração de emprego e renda para o estado catarinense”, pontua Daniela, destacando que o Governo de Santa Catarina vem fazendo seu dever de casa, estimulando o desenvolvimento de empresas e abrindo portas para novas instalações. 

Além da deliberar a habilitação de novas empresas, o comitê técnico do Prodec falou sobre o trabalho em conjunto com a diretoria de Ciência Tecnologia e Inovação da SDS, que atualmente vem realizando a implantação da política da rede de Centros de Inovação, um modelo único no Brasil que visa desenvolver a economia do Estado. 

“Queremos que mais empresas se instalem e invistam nos Centros de Inovação de Santa Catarina. Assim, almejamos que, deste polos de inovação tecnológica saiam novas ideias, e que elas se transformem em novas empresas, que possam expandir com o auxílio de programas como o Prodec”, destaca o secretário da SDS, em exercício, Felipe Assunção. 

O programa Prodec já existe há mais de três décadas e possibilitou a instalação de mais de 700 empreendimentos no Estado.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Bolsonaro sanciona projeto que dá autonomia ao Banco Central

Medida prevê mandatos para dirigentes do órgão
Bolsonaro sanciona projeto que dá autonomia ao Banco Central
Economia

Dólar tem pequena queda e fecha a R$ 5,42

Bolsa sobe 0,38% em dia de recuperação
Geral

Prefeito e vice participam da plenária da CDL de Jaraguá desta quarta

Eles falam sobre os projetos para a gestão 2021-2024.
Prefeito e vice participam da plenária da CDL de Jaraguá desta quarta
Economia

Presidente da Fapesc visita Jaraguá do Sul

Fábio Zabot Holthausen veio a Jaraguá para estreitar laços, trocar ideias e visitar, novamente, o Centro de Inovação - NovaleHub no bairro Três Rios do Sul.
Presidente da Fapesc visita Jaraguá do Sul
Ver mais de Economia