transito
ECONOMIA

Previdência será aprovada na Câmara e Senado com ajuda de governadores, diz Onyx

20 Fev 2019 - 11h48Por Renan Truffi e Anne Warth

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, demonstrou nesta quarta-feira, 20, confiar que a reforma da Previdência terá maioria de votos tanto na Câmara quanto no Senado Federal. Onyx falou sobre o assunto ao chegar para evento de governadores, em Brasília, onde o governo irá detalhar a proposta.

"Os governadores vão nos dar toda condição de poder, junto com as bancadas federais, querem os deputados, querem os senadores, conseguir a vitória nos dois turnos na Câmara e no Senado", afirmou o ministro.

Onyx disse também que a proposta do governo vai ser um "instrumento de justiça social" porque "quem ganha mais vai pagar mais" e "quem ganha menos vai pagar menos". Ele comparou a situação atual da Previdência com um navio que tem o casco furado.

"Pela primeira vez na história do Brasil do Brasil assistência de Previdência. E uma assistência que tem um olhar muito fraterno para aqueles mais precisam", afirmou Onyx. "Nós consertamos o navio atual, com o casco furado, de tal forma que ele possa navegar ainda por dezenas de anos, receber as novas pessoas do sistema e pagar em dia as aposentadorias. Com isso se estabeleceu um critério de quem ganha mais paga mais e quem ganha menos paga menos, inclusive com redução de meio ponto porcentual no que é pago hoje pelas pessoas de mais baixa renda", disse.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, também está presente no evento, mas não quis falar com a imprensa ao chegar no local do fórum de governadores.

Matérias Relacionadas

Economia

Receita abre consulta a maior lote de restituição do IR da história

Cerca de 5,6 milhões de contribuintes receberão R$ 9,5 bilhões
Receita abre consulta a maior lote de restituição do IR da história
Economia

Intenção de Consumo das Famílias avança 1,3% em maio

Esse é o segundo resultado positivo consecutivo, apurado pela CNC
Intenção de Consumo das Famílias avança 1,3% em maio
Santa Catarina

Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia

Implantação do novo sistema comercial teria apresentado instabilidade
Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia
Economia

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC
Ver mais de Economia