transito
ECONOMIA

Presidente da Apas diz estar confiante em aprovação de Previdência 'robusta'

06 Mai 2019 - 16h05Por Mateus Fagundes

O presidente da Associação Paulista de Supermercados (Apas), Ronaldo dos Santos, disse nesta segunda-feira, 6, durante abertura da 35a. Apas Show, estar confiante na aprovação de uma reforma da Previdência robusta no Congresso nacional.

"Nós apoiamos publicamente a reforma da Previdência. Estamos confiantes em sua aprovação. Estamos confiantes que será aprovada de forma robusta e isso abrirá caminho para outras reformas estruturantes", afirmou Santos.

Já o presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), João Sanzovo Neto, cobrou que os associados se mobilizem pela aprovação da reforma.

"Já percebemos que as corporações têm pressionado os congressistas, fazendo seus lobbies", disse. "Pedimos, então, para que nossos supermercadistas, nas suas lojas, com seus colaboradores, com seus clientes, façam este discurso (em defesa da reforma)."

A Apas Show é o maior encontro supermercadista mundial e o maior da América Latina de alimentos e bebidas.

Nesta abertura, estão presentes, entre outras autoridades, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), a líder do governo no Congresso, Joice Hasselman (PSL-SP), o líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB).

Matérias Relacionadas

Economia

Receita abre consulta a maior lote de restituição do IR da história

Cerca de 5,6 milhões de contribuintes receberão R$ 9,5 bilhões
Receita abre consulta a maior lote de restituição do IR da história
Economia

Intenção de Consumo das Famílias avança 1,3% em maio

Esse é o segundo resultado positivo consecutivo, apurado pela CNC
Intenção de Consumo das Famílias avança 1,3% em maio
Santa Catarina

Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia

Implantação do novo sistema comercial teria apresentado instabilidade
Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia
Economia

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC
Ver mais de Economia