transito
ECONOMIA

PMI composto da zona do euro sobe a 51,4 em fevereiro, mas indústria decepciona

21 Fev 2019 - 07h16Por Sergio Caldas

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, subiu de 51 em janeiro a 51,4 em fevereiro, atingindo o maior nível em três meses, segundo dados preliminares publicados hoje pela IHS Markit. O avanço acima da marca de 50 indica expansão de atividade em ritmo mais forte. O resultado também surpreendeu analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que previam alta um pouco menor do indicador, a 51,3.

Apenas o PMI industrial do bloco, porém, caiu de 50,5 em janeiro para 49,2 em fevereiro, com a leitura abaixo de 50 mostrando contração na atividade manufatureira. Trata-se do menor patamar do PMI industrial em 68 meses. Neste caso, a projeção do mercado era de estabilidade, a 50,5.

Já o PMI de serviços da zona do euro aumentou de 51,2 em janeiro para 52,3 em fevereiro, nível mais alto em três meses. A previsão era de alta menor, a 51,5. Com informações da Dow Jones Newswires.

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia

Implantação do novo sistema comercial teria apresentado instabilidade
Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia
Economia

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC
Geral

Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos

Estado poderá direcionar R$ 23 bilhões para reconstrução
Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos
Política

Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras

Ela substituirá Jean Paul Prates que pediu saída antecipada
Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras
Ver mais de Economia