dengue
ECONOMIA

Para presidente do BCE, comércio global tem desacelerado consideravelmente

26 Nov 2018 - 13h28Por Monique Heemann

O ímpeto de crescimento do comércio global "tem desacelerado consideravelmente", na avaliação do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, em sua fala diante do Parlamento Europeu, nesta segunda-feira.

Na oportunidade, Draghi foi ainda questionado sobre tensões que assolam o Velho Continente, como o impasse orçamentário na Itália, de onde hoje saíram informações, segundo a mídia, de que o governo planeja reduzir sua meta de déficit para o ano fiscal de 2019. "Sempre fui confiante de que um acordo poderia ser atingido", afirmou o dirigente sobre a questão. Ele se negou a comentar o assunto em mais detalhes, mas reforçou que "países com alto déficit devem reduzir o déficit" para se evitarem vulnerabilidades e falta de espaço fiscal diante de uma crise, por exemplo.

Outra fonte de preocupação na Europa, o Brexit também foi comentado de forma breve pelo dirigente. "Estamos trabalhando com o Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) para avaliar vulnerabilidades ao sistema financeiro", destacou, ao reforçar que há, em ambos os lados das negociações, esforço para evitar que qualquer problema nesse sentido ocorra. Além disso, Draghi avaliou que "as negociações do Brexit são complexas e alguns aspectos ficarão claros em algumas semanas".

Matérias Relacionadas

Economia

Pesquisa de preços mostra variação da cesta básica em Jaraguá do Sul

Tomate teve aumento de quase 30% neste mês em relação ao levantamento de maio
Pesquisa de preços mostra variação da cesta básica em Jaraguá do Sul
Geral

Guaramirim define prazo para isenção de Imposto Rural em Perímetro Urbano

Agricultores devem solicitar isenção até 11 de novembro
Guaramirim define prazo para isenção de Imposto Rural em Perímetro Urbano
Geral

Polícia Federal abre investigação sobre leilão de arroz

Conab também instaurou uma apuração interna
Polícia Federal abre investigação sobre leilão de arroz
Economia

Setor de serviços cresce 0,5% de março para abril no país, revela IBGE

É a segunda alta consecutiva do indicador
Setor de serviços cresce 0,5% de março para abril no país, revela IBGE
Ver mais de Economia