Dia internacional das Mulheres
ECONOMIA

Oposição venezuelana se prepara para entrega de ajuda humanitária

23 Fev 2019 - 10h10

Líderes da oposição venezuelana se preparam para a entrega de ajuda humanitária à população. Neste sábado, uma delegação, comandada pelo líder opositor Juan Guaidó, deve tentar entregar cerca de 200 toneladas de alimentos e suprimentos médicos na fronteira brasileira e colombiana. A estratégia da oposição é levar o auxílio por meio de três ações simultâneas, com eventos na Colômbia, assistência prestada por via marítima e através da fronteira da Venezuela com o Brasil.

A operação deve enfrentar a resistência militar que cerca as fronteiras do país. "Haverá tantas pessoas reunidas na fronteira e em cidades diferentes por todo o país que será impossível parar o movimento", disse um dos membros da oposição David Smolansky.

Civis descontentes com a situação do país tendem a se unir ao grupo de oposição na operação deste sábado. Líderes internacionais, incluindo o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, apelam para ambos os lados evitarem a violência.

O presidente do país Nicolas Maduro recusou a entrada da ajuda de outros países e ordenou o fechamento da fronteira da Venezuela com o Brasil. Desde ontem, a região fronteiriça está sob vigia das Forças Armadas venezuelanas. Ontem, em um conflito entre civis e militares, dois indígenas foram mortas e outros 22 ficaram feridos. O ministro venezuelano das Relações Exteriores, Jorge Arreaza, disse que os militares "nunca teriam
ordens de disparar contra a população civil" e que esperava que o "bom senso prevalecesse em Cucuta".

Na madrugada de sexta-feira para sábado, tropas de choque do governo de Nicolas Maduro obrigaram civis se afastarem da estrada para o ponte Simon Bolivar, que liga o país à Colômbia. O governo venezuelano havia dito que fecharia três de suas pontes na fronteira. Centenas de militares e caminhões das Forças Armadas cercam as fronteiras do país. Fonte: Associated Press.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Transporte rodoviário tem novo piso mínimo de frete

Tabela foi publicada hoje no Diário Oficial da União
Transporte rodoviário tem novo piso mínimo de frete
Geral

Presidente e diretor de Inovação da CDL falam sobre aplicativo da entidade

Aplicativo CDL Box vai trazer benefícios para lojistas e consumidores
Presidente e diretor de Inovação da CDL falam sobre aplicativo da entidade
Geral

Abertas as inscrições para processo seletivo de recenseador do IBGE

A remuneração do profissional vai depender da produtividade, mas pode chegar a R$ 2656,00. São 161 as vagas disponíveis para Jaraguá do Sul
Abertas as inscrições para processo seletivo de recenseador do IBGE
Economia

Lunelli distribui R$ 12 milhões aos colaboradores, mesmo após ano desafiador

Lunelli distribui R$ 12 milhões aos colaboradores, mesmo após ano desafiador
Ver mais de Economia