ECONOMIA

Novo apoiará Vinicius Poit (SP) para ser relator da reforma na comissão especial

25 Abr 2019 - 11h23Por Daniel Weterman

O líder do Novo na Câmara, Marcel van Hattem (RS), confirmou que o partido vai pedir que o deputado Vinicius Poit (Novo-SP) seja o relator da reforma da Previdência na comissão especial a ser instalada para analisar o conteúdo da proposta. Além de Poit, o partido indicou Paulo Ganime (SP) como titular na comissão.

Van Hattem participa na manhã desta quinta-feira, 25, de reunião com o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, para discutir os dados da reforma na casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Também chegaram ao encontro os líderes do MDB, PSDB, PRB e da maioria. O líder do PSDB, Carlos Sampaio (SP), também disse que nomes da legenda foram sondados para a relatoria, mas declarou que não houve um convite oficial até o momento.

O tucano ainda citou que há consenso para retirada das mudanças no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e na aposentadoria rural, "por serem pontos que não teriam impacto fiscal se fossem adotadas as medidas necessárias".

Para ele, o BPC não tem impacto fiscal e o problema no setor rural pode ser resolvido com combate às fraudes.

Já o líder da maioria na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), declarou que seu partido não vai "brigar" pela relatoria, mas vai buscar "contribuir com o País".

Matérias Relacionadas

Economia

Bolsonaro confirma mais duas parcelas do auxílio emergencial

Valor será menor do que os atuais R$ 600
Bolsonaro confirma mais duas parcelas do auxílio emergencial
Economia

Caixa libera saque da 2ª parcela de auxílio para nascidos em maio

Mais de 50 bancos participam da operação de pagamento
Caixa libera saque da 2ª parcela de auxílio para nascidos em maio
Economia

Petrobras reajusta em 5% preço do gás de cozinha

Preço médio da estatal será equivalente a R$ 24 por botijão de 13 kg
Santa Catarina

Empresômetro aponta mais de 946 mil empresas ativas em Santa Catarina

Nos quatro primeiros meses de 2020, foram abertos 49 mil negócios no estado
Empresômetro aponta mais de 946 mil empresas ativas em Santa Catarina
Ver mais de Economia