ECONOMIA

Nível de cumprimento do acordo Opep+ foi de quase 90% em fevereiro, diz saudita

17 Mar 2019 - 16h33Por Equipe AE, com informações da Dow Jones Newswires

O ministro da Energia da Arábia Saudita, Khalid A. Al-Falih, afirmou neste domingo que o nível de cumprimento do acordo entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados, como a Rússia, foi de quase 90% em fevereiro. Esse grupo estendido de países é conhecido como Opep+, com nações que decidiram reduzir a oferta da commodity para apoiar os preços.

Neste domingo e na segunda-feira, o Opep+ se reúne no Azerbaijão para discutir políticas de petróleo para abril. De acordo com Al-Falih, o nível de cumprimento do acordo em março ultrapassará a marca de 100%, ou seja, será superior ao fechado anteriormente entre as partes.

Ainda segundo ele, parte do petróleo da Venezuela tem sido redirecionada no mercado, após as sanções americanas contra o governo do presidente Nicolás Maduro e em meio à grave crise política e econômica do país latino-americano. De qualquer modo, o ministro comentou que os interesses dos Estados Unidos e do reino saudita estão "razoavelmente aliados". Os dois países têm uma aliança geopolítica importante, mas o presidente americano, Donald Trump, já criticou os sauditas e a Opep por cortar a oferta de petróleo para elevar os preços.

Al-Falih previu que a Arábia Saudita exportará menos petróleo em abril e ressaltou que o país tem cumprido o acordo com o Opep+. Ele disse que a produção saudita será de 9,8 milhões de barris por dia em março e deve ser 100 mil barris por dia menor em abril. Já as exportações sauditas devem ser menores que 7 milhões de barris por dia em março, sendo que talvez em abril elas sejam ainda 100 mil barris por dia menores que essa marca.

A autoridade saudita disse que espera manter o acordo para cortar a oferta de petróleo na reunião de abril da Opep e garantiu confiar nos envolvidos na iniciativa. E informou que os produtores prometeram um maior cumprimento do acordo, no futuro.

A autoridade comentou que continua a haver aumento nos estoques de petróleo no mundo, mesmo com os problemas enfrentados por Venezuela e Irã para exportar. Segundo ele, tem aumentado um pouco a confiança no mercado, recentemente.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Jaraguá terá novas medidas contra covid-19 a partir de 1º de março

Medida terá validade por 15 dias
Jaraguá terá novas medidas contra covid-19 a partir de 1º de março
Saúde

Com novo decreto, Prefeitura de Jaraguá detalha restrições

O Governo do Estado publicou o Decreto 1.172 nesta sexta-feira (26) suspendendo o funcionamento de serviços não essenciais das 23h desta sexta-feira (26) até às 6h de segunda-feira (1º)
Com novo decreto, Prefeitura de Jaraguá detalha restrições
Saúde

Governo decreta fechamento de atividades não essenciais no fim de semana em SC

A decisão é mais uma medida do Executivo estadual para reforçar o enfrentamento ao coronavírus em um momento de agravamento da situação sanitária em Santa Catarina
Governo decreta fechamento de atividades não essenciais no fim de semana em SC
Economia

Câmara de Dirigentes Lojistas de Jaraguá do Sul inova com lançamento do CDL BOX

Além de beneficiar clientes e lojistas, a ferramenta ainda servirá para ajudar instituições jaraguaenses cadastradas.
Câmara de Dirigentes Lojistas de Jaraguá do Sul inova com lançamento do CDL BOX
Ver mais de Economia