transito
ECONOMIA

Ministro italiano nega revisão na meta de crescimento para 2019

13 Nov 2018 - 09h43Por Sergio Caldas

O ministro da Economia da Itália, Giovanni Tria, negou nesta terça-feira que o país pretenda revisar sua meta de crescimento econômico no plano orçamentário de 2019, como foi noticiado mais cedo pela mídia italiana.

"A taxa de crescimento não é negociável", afirmou Tria em comunicado. Projeções de crescimento refletem "uma avaliação técnica" e não estão sujeitas a "quaisquer negociações, dentro ou fora do governo", acrescentou o ministro.

Pela proposta orçamentária, Roma prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) italiano crescerá 1,5% em 2019. A União Europeia projeta expansão menor da Itália no próximo ano, de 1,2%.

Hoje, vence o prazo concedido à Itália pela UE para apresentar uma nova versão de seu Orçamento para 2019. No plano original, o governo italiano pretende buscar no ano que vem um déficit fiscal equivalente a 2,4% do PIB, nível considerado muito elevado pela Comissão Europeia, como é conhecido o braço executivo da UE.

Matérias Relacionadas

Economia

Em 2023, população brasileira ocupada passou dos 100 milhões

De acordo com o IBGE, 37% deles tinham carteira assinada
Em 2023, população brasileira ocupada passou dos 100 milhões
Geral

Presidente da Duas Rodas será homenageado com o Mérito Industrial da CNI

Ao longo de sua história de 36 anos na Duas Rodas, o empresário Leonardo Fausto Zipf comandou o processo de expansão nacional e internacional da empresa que nasceu em 1925 em Jaraguá do Sul
Presidente da Duas Rodas será homenageado com o Mérito Industrial da CNI
Economia

Começa consulta a segundo lote de restituição do Imposto de Renda 2024

Cerca de 5,75 milhões de contribuintes receberão R$ 8,5 bilhões
Começa consulta a segundo lote de restituição do Imposto de Renda 2024
Geral

Empresa de Jaraguá do Sul contrata profissional para estética automotiva

Confira
Empresa de Jaraguá do Sul contrata profissional para estética automotiva
Ver mais de Economia