105 Ouça
Caraguá
Economia

Mercado reduz previsão de crescimento do PIB para 2019

Economistas reduziram a previsão do PIB deste ano, de 2,50% para 2,48%.

18 Fev 2019 - 20h00Por Marquezan Araújo / Agência do Rádio

Economistas do mercado financeiro reduziram a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano, de 2,50% para 2,48%. Os números constam no boletim Focus desta segunda-feira (18), divulgado pelo Banco Central. O levantamento foi feito com mais de 100 instituições financeiras.

O PIB é a soma de todas as riquezas produzidas no país e serve para medir a evolução da economia. Para o ano que vem, no entanto, as projeções do mercado indicam que haverá expansão da economia diante de um avanço de 2,50% para 2,58%.

Já no caso do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação, as previsões do relatório desta segunda apontam estagnação em 3,87% para o ano que vem. Com o resultado, a expectativa do mercado permanece abaixo da meta de inflação, que é de 4,25% para este ano. O intervalo de tolerância da meta ficou fixado entre 2,75% e 5,75%.

Já a taxa básica de juros, a Selic, continua em 6,5% ao ano, mesmo patamar previsto para o fim de 2019. Para o final de 2020, a previsão ainda é de 8% ao ano. 


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

GNet

Matérias Relacionadas

Segurança

Banco Central comunica vazamento de dados de 160,1 mil chaves Pix

Foram vazados dados cadastrais da Acesso Pagamentos
Banco Central comunica vazamento de dados de 160,1 mil chaves Pix
Economia

Presidente negocia PEC para zerar impostos sobre combustíveis

Em 2021, a gasolina e o diesel subiram 47%, Etanol acumula alta de 62%
Presidente negocia PEC para zerar impostos sobre combustíveis
Economia

Sindicato dos Metalúrgicos da região e classe patronal fecham reajuste para 2022

Confira o reajuste que será concedido aos trabalhadores
Sindicato dos Metalúrgicos da região e classe patronal fecham reajuste para 2022
Geral

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 22 milhões

Próximo sorteio será no sábado
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 22 milhões
Ver mais de Economia