ECONOMIA

Meirelles: para desconto de 25%, montadora terá de investir ao menos R$ 10 bi

08 Mar 2019 - 14h28Por André Ítalo Rocha

O secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles, explicou nesta sexta-feira, 8, que as montadoras terão de apresentar um plano de investir pelo menos R$ 10 bilhões para conseguir o desconto máximo de 25% no ICMS, dentro do novo programa do governo de incentivo à indústria de veículos.

Ainda segundo Meirelles, a aplicação do desconto no ICMS para montadoras será válida apenas para novas vendas de novos produtos lançados pelas empresas. O programa de estímulo foi batizado de Incentivauto.

O governador João Doria negou que São Paulo esteja entrando numa guerra fiscal com outros Estados, mas Meirelles disse que o estímulo busca uma "racionalidade econômica" para "evitar distorções com empresas que estão instaladas em determinadas regiões que não fazem muito sentido", retomando a vantagem competitiva do Estado de São Paulo.

O decreto com o programa será publicado no sábado, 9, pelo governador e vai detalhar as faixas de investimento e de desconto no ICMS.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Mercado de energia solar cresce 70% e se posiciona como promissor e lucrativo no Brasil

Mercado de energia solar cresce 70% e se posiciona como promissor e lucrativo no Brasil
Economia

Pagamento do abono anual para segurados da Previdência é antecipado

Abono equivale ao 13º salário dos segurados
Pagamento do abono anual para segurados da Previdência é antecipado
Política

Administração de Schroeder presta contas dos primeiros 100 dias de gestão

Durante o encontro, os associados da Acias fizeram alguns questionamentos e foram prontamente esclarecidos
Administração de Schroeder presta contas dos primeiros 100 dias de gestão
Economia

Parceria entre WEG e Vale dá início a produção de eletrocentros em Minas Gerais

Contrato firmado entre WEG e Vale prevê o fornecimento de eletrocentros solares para implantação do Projeto Sol do Cerrado, um dos maiores parques de geração de energia fotovoltaica do Brasil
Parceria entre WEG e Vale dá início a produção de eletrocentros em Minas Gerais
Ver mais de Economia