ECONOMIA

Marinho: proposta é fazer com que quem ganha mais contribua com mais

20 Fev 2019 - 16h13Por Adriana Fernandes, Idiana Tomazelli e Eduardo Rodrigues

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, disse que os servidores públicos com salários mais altos têm condições privilegiadas e podem contribuir com um esforço maior na reforma da Previdência.

"Dentro da realidade, tem pedido de dar um esforço maior nesse processo de reequilíbrio maior", disse Marinho. "Conversamos com associações de servidores públicos, todos têm de contribuir". Durante a tramitação da reforma da Previdência do ex-presidente Michel Temer, os servidores públicos, principalmente, foram a maior força de oposição no Congresso.

Marinho deixou claro que o governo está preparado para negociação. "Estamos aguardando o processo de negociação", disse ele, ressaltando que o princípio da proposta é fazer com que quem ganha mais contribua com mais.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Indústria catarinense cresce 36,5% em março, maior alta do país

Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal (PIM), divulgada na terça-feira (11).
Indústria catarinense cresce 36,5% em março, maior alta do país
Economia

Associado Sicredi Norte SC recebe R$ 50 mil em sorteio do seguro de vida

Entrega simbólica do prêmio ocorreu na Agência Centro em Joinville.
Economia

Governo do Estado realiza reuniões para tratar novo auxílio emergencial

O objetivo foi debater como o auxílio será pago, além de outros trâmites administrativos.
Governo do Estado realiza reuniões para tratar novo auxílio emergencial
Política

Governador vai à Alesc pedir fim do veto em projeto que destina recursos para rodovias federais

Durante reunião com os deputados, o chefe do Executivo elencou os motivos para barrar o veto realizado durante o governo interino.
Governador vai à Alesc pedir fim do veto em projeto que destina recursos para rodovias federais
Ver mais de Economia