vacina
ECONOMIA

Maia pretende concentrar discussão em idade mínima e tempo de transição

25 Fev 2019 - 13h10Por André Ítalo Rocha

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que pretende concentrar a discussão da reforma da Previdência nos pontos da idade mínima e do tempo de transição. A declaração foi dada durante evento do jornal Folha de S.Paulo.

Para Maia, no entanto, a Previdência não é tema simples para se chegar a 308 votos, o mínimo necessário para aprovação. "Nós votamos o cadastro positivo, com uma possível base do governo Bolsonaro, e ficamos com 310 votos ou um pouco mais que isso", disse.

Na avaliação do presidente da Câmara, a maior resistência à proposta está no Nordeste, onde há uma concentração maior de parlamentares de esquerda e governos estaduais mais sensíveis a mudanças no BPC e na aposentadoria rural. "Se conseguirmos 20 votos na oposição, nossa chance de aprovação aumenta muito", disse.

Para Maia, o presidente Jair Bolsonaro consegue governar sem "toma lá, dá cá". Para isso, ele disse, será preciso convencer os deputados de que, sem a reforma, não haverá dinheiro para as emendas.

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia

Implantação do novo sistema comercial teria apresentado instabilidade
Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia
Economia

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC
Geral

Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos

Estado poderá direcionar R$ 23 bilhões para reconstrução
Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos
Política

Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras

Ela substituirá Jean Paul Prates que pediu saída antecipada
Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras
Ver mais de Economia