Joaçaba Pneus
ECONOMIA

Líder do PT na Câmara diz não estar com pressa para definir comissões

25 Fev 2019 - 18h23Por Camila Turtelli

O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta, disse que o partido não está com pressa para definir as comissões as quais tem o interesse de presidir na Câmara.

Mais cedo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que dependia de conversas com o PT para definir o desenho das comissões na Casa e, desta forma, instalar a principal delas: a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

O colegiado é a porta de entrada da maioria dos projetos que passam pelo Congresso, inclusive a proposta de reforma da Previdência. É nesta instância que os deputados avaliam se o projeto é constitucional ou não. Sem o arranjo entre os partidos, a CCJ só deve ser instalada após o carnaval.

Pimenta desconversou ao ser questionado se isso seria uma tática do partido para atrasar a reforma. Ele, no entanto, reforçou que é fundamental que o governo envie o projeto que deverá tratar da previdência dos militares. "Queremos que o quer for definido para os militares seja estendido para toda a população", disse.

Segundo Pimenta, Maia disse que as votações da Nova Previdência e do projeto de lei sobre militares deverão caminhar juntas. "Isso já é um início de diálogo", afirmou.

Em relação às comissões, o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, apurou que o PT deve tentar a de Relações Exteriores, colegiado que também é pretendido pelo PSL.

Matérias Relacionadas

Economia

Exportação de SC cresce 36,3% em maio

No acumulado de janeiro a maio, os embarques do estado somaram US$ 3,8 bilhões - um aumento de 11,2% em relação ao mesmo período de 2020
Exportação de SC cresce 36,3% em maio
Economia

Programa Juro Zero libera mais de R$ 2 milhões em dois meses

Programa de Microcrédito Municipal atende micro e pequenas empresas, microempreendedores individuais e autônomos
Programa Juro Zero libera mais de R$ 2 milhões em dois meses
Economia

Bolsonaro pede a empresários para segurarem preço dos alimentos

Pedido ocorreu durante encontro no Rio de Janeiro
Bolsonaro pede a empresários para segurarem preço dos alimentos
Economia

Copom eleva taxa básica de juros para 4,25% ao ano

Decisão de elevar a Selic pela terceira vez era esperada pelo mercado
Copom eleva taxa básica de juros para 4,25% ao ano
Ver mais de Economia