ECONOMIA

Latam teme fim da Avianca, que deve terminar o mês com apenas 5 aviões

17 Abr 2019 - 12h30Por Luciana Dyniewicz

Até o fim da próxima semana, a Avianca Brasil deverá ter sua frota reduzida das atuais 26 aeronaves para 5. Nos últimos dias, a empresa já perdeu dez aviões após as arrendadoras dos jatos vencerem um embate judicial aberto por causa da inadimplência da companhia aérea. A situação da Avianca preocupa a Latam, que se comprometeu a ficar com parte dos ativos da concorrente endividada em um leilão marcado para 7 de maio. A apreensão decorre do risco de a Avianca não conseguir chegar à data operando.

"Queremos que ela (Avianca) esteja operando quando o leilão ocorrer, mas vejo um risco, sim (de isso não acontecer)", disse Jerome Cadier, presidente da Latam.

No leilão, o certificado de operação da Avianca será transferido para as sete Unidades Produtivas Independentes (UPIs), que serão criadas com os ativos da companhia - basicamente as autorizações de pouso e decolagem (slots) nos aeroportos. Se a empresa não estiver operando, a transmissão desses certificados é inviabilizada.

Das UPIs que serão criadas, uma terá o programa de fidelidade da Avianca e o restante, entre 8 e 25 slots. Todas essas unidades já têm voos atingidos pelos cancelamentos feitos por causa da perda de aeronaves. Não se sabe, no entanto, qual o número mínimo de aviões que a Avianca precisa ter para manter a operação de cada UPI.

Caso a Avianca consiga sobreviver nas próximas semanas, precisará de nova injeção de capital para operar até a conclusão das vendas das UPIs, o que não acontecerá antes de junho. Serão necessários, no mínimo, 30 dias para a análise do negócio pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Segundo fonte próxima à Avianca, para funcionar, a companhia gasta entre R$ 5 milhões e R$ 6 milhões por dia. "A operação consome muito caixa. Desde que entrou em recuperação judicial (em dezembro), menos pessoas estão comprando passagens deles, o que piora a situação. Vão sair outros aviões (da frota da Avianca) nos próximos dias e ficará ainda mais complicado", disse Cadier. "Qualquer prorrogação que se dá (no processo de recuperação judicial) é um risco a mais para o negócio . Temos uma pressa tremenda."

A Latam e a Gol já colocaram, cada uma, US$ 13 milhões (R$ 51 milhões) na Avianca. A Gol também se comprometeu a ficar com pelo menos uma das UPIs. Cadier afirma que a Latam poderá fazer o aporte extra na empresa em recuperação, mas não disse qual valor seria necessário. "Existe dúvida em relação a como a Avianca estará operando até o leilão", disse. O jornal O Estado de S. Paulo apurou que a Gol também considera a possibilidade de injetar mais capital após o leilão.

Cade
Apesar da pressa para a conclusão do negócio, a Latam não entrou com pedido antecipado para que o Cade analisasse a incorporação da UPI. Segundo Cadier, a empresa estuda qual a abordagem, já que existe um risco de "sair sem nada" do leilão - caso alguma concorrente faça um lance maior.

A companhia, porém, já negocia com a Aircastle (arrendadora que conseguiu retomar a posse de dez aviões da Avianca) o aluguel desses jatos. "Estamos conversando desde janeiro, pois sabíamos que poderia haver aumento de demanda com a Avianca reduzindo seus voos. Parte das aeronaves podem ficar aqui ou ir para outro país."

A Avianca ainda pode recorrer da decisão de reintegração de posse, mas não entrou com nenhum pedido no caso da Aircastle. Na sexta, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, decidiu contra a companhia, o que foi visto como um indicativo de que diminuíram as chances de a Avianca conseguir manter as aeronaves.

Procurada, a Avianca Brasil não quis se pronunciar. Em nota, a Gol "reiterou o compromisso de participar do processo competitivo de aquisição de ativos da Avianca no modelo já aprovado."

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões

Número é maior que população porque muitos têm mais de um chip
Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões
Economia

Caixa paga seguro-desemprego em conta poupança social digital

Benefício começa a ser pago hoje
Caixa paga seguro-desemprego em conta poupança social digital
Geral

Empresa jaraguaense inova lançando acrílico antiviral

Parecido com o acrílico convencional, o Bold NanoPower mantém alto grau de transparência e pode passar pelos mesmos processos de beneficiamento, como corte, dobra, usinagem e moldagem, sem perder o poder virucida
Empresa jaraguaense inova lançando acrílico antiviral
Economia

Dólar fecha no menor nível em um mês após acordo sobre Orçamento

Bolsa de Valores tem pequena queda em dia de ajustes
Ver mais de Economia