ECONOMIA

Kataoka, do BoJ, defende mais estímulos monetários para atingir meta de inflação

27 Fev 2019 - 06h14Por Sergio Caldas

Dirigente do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês), Goushi Kataoka defendeu nesta quarta-feira que o banco central japonês intensifique sua política de estímulos monetários para atingir sua meta de inflação e alertou que manter as atuais características da atual política por muito tempo pode gerar fortes oscilações no crescimento econômico do país.

Kataoka disse que o BoJ e o governo precisam ampliar a cooperação para impulsionar as expectativas de inflação e superar de vez o passado de deflação.

A meta de inflação do BoJ é de 2%. Segundo os últimos dados oficiais, a taxa anual do núcleo da inflação ao consumidor no Japão, que desconsidera os preços de alimentos frescos e é a medida preferida da instituição, ficou em 0,8% em janeiro.

Matérias Relacionadas

Economia

Dólar fecha abaixo de R$ 5 pela primeira vez em mais de um ano

Bolsa encerrou com queda de 0,38%
Economia

ACIJS completa 83 anos e apresenta nova plataforma digital a associados e comunidade

A Associação Empresarial de Jaraguá do Sul ACIJS completa nesta terça-feira (22) 83 anos desde sua fundação em 22 de junho de 1938.
ACIJS completa 83 anos e apresenta nova plataforma digital a associados e comunidade
Geral

Há 20 anos no mercado, empresa Bold aposta em inovação e cria acrílico antiviral

Sócio fundador e CEO da BOLD, Ralf Benedito Sebold, participou ao vivo do Diário da Jaraguá desta terça-feira (22).
Há 20 anos no mercado, empresa Bold aposta em inovação e cria acrílico antiviral
Geral

GUARAMIRIM - Programa Nascer recebe propostas para pré-incubação de ideias inovadoras

Objetivo da iniciativa é visa estimular a inovação e o empreendedorismo inovador de base tecnológica
Ver mais de Economia