Dia internacional das Mulheres
ECONOMIA

Kataoka, do BoJ, defende mais estímulos monetários para atingir meta de inflação

27 Fev 2019 - 06h14Por Sergio Caldas

Dirigente do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês), Goushi Kataoka defendeu nesta quarta-feira que o banco central japonês intensifique sua política de estímulos monetários para atingir sua meta de inflação e alertou que manter as atuais características da atual política por muito tempo pode gerar fortes oscilações no crescimento econômico do país.

Kataoka disse que o BoJ e o governo precisam ampliar a cooperação para impulsionar as expectativas de inflação e superar de vez o passado de deflação.

A meta de inflação do BoJ é de 2%. Segundo os últimos dados oficiais, a taxa anual do núcleo da inflação ao consumidor no Japão, que desconsidera os preços de alimentos frescos e é a medida preferida da instituição, ficou em 0,8% em janeiro.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Arrecadação catarinense cresce 5,7% em fevereiro

Somente com ICMS, a soma foi de R$ 2,22 bilhões, de acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Fazenda (SEF/SC) nesta quinta-feira (4)
Arrecadação catarinense cresce 5,7% em fevereiro
Economia

IPTU 2021 vence dia 10 de março em Jaraguá

Quem optar pelo pagamento a vista terá desconto de 10%
Política

Licitação para reforma da escola Albano Kanzler deve ser lançada em 30 dias

Obra é aguardada há 20 anos pela comunidade
Licitação para reforma da escola Albano Kanzler deve ser lançada em 30 dias
Economia

Transporte rodoviário tem novo piso mínimo de frete

Tabela foi publicada hoje no Diário Oficial da União
Transporte rodoviário tem novo piso mínimo de frete
Ver mais de Economia