Dia internacional das Mulheres
ECONOMIA

Juros sobem acompanhando dólar

21 Fev 2019 - 11h17Por Silvana Rocha

Os juros futuros passaram a subir, acompanhando o fortalecimento do dólar ante o real, após terem operado com viés de baixa nos primeiros negócios, seguindo também o recuo inicial da moeda americana e após o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) de fevereiro. O indicador subiu 0,34%, praticamente em linha com a mediana das projeções (0,35%), não devendo alterar a aposta de manutenção de Selic estável em 6,50% este ano.

Segundo operadores de câmbio, a moeda americana sofre influencias do dólar misto lá fora e também reflete cautela diante dos eventuais obstáculos que o texto da reforma da Previdência pode encontrar no Congresso e após a ata do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos).

Pouco antes do fechamento deste texto, a ata da última reunião de política monetária do Banco Central Europeu informou que dirigentes viram mais incertezas sobre duração de desaceleração na zona do euro e apontaram graves riscos ligados a Brexit.

Além da influência do dólar, o investidor de renda fixa monitorou mais cedo o resultado do IPCA-15 de fevereiro, que subiu 0,34% depois de 0,30% em janeiro, e ficou também praticamente em linha com a mediana das projeções (0,35%). O intervalo das estimativas ia de 0,22% a 0,48%. A percepção é de que o indicador não altera a aposta de manutenção de Selic estável em 6,50% este ano.

Após esse indicador, a Guide Investimentos calculou que o indicador de difusão do IPCA-15 de fevereiro desacelerou para 59,02% em relação ao dado de 62,57% apurado em janeiro. O índice de difusão mede o quanto a alta de preços está espalhada na economia.

Às 9h54, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2020 subia a 6,420%, ante 6,415% do ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2021 exibia 7,11%, de 7,07% no ajuste anterior, enquanto o vencimento para janeiro de 2023 estava em 8,25%, de 8,18% no ajuste anterior. Já o DI para janeiro de 2025 marcava 8,78%, de 8,72% no ajuste de ontem. No câmbio, o dólar à vista subia 0,29%, a R$ 3,7428. O dólar futuro para março avançava 0,46%, a R$ 3,7440.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Contribuinte pode destinar parte do IR para projetos sociais de Guaramirim

Todas as pessoas físicas podem fazer doações de recursos financeiros aos Fundos Municipais
Contribuinte pode destinar parte do IR para projetos sociais de Guaramirim
Economia

Aumento da gasolina também causa impacto no preço do etanol

Álcool acumula aumento de 21% desde janeiro
Aumento da gasolina também causa impacto no preço do etanol
Economia

Indústria brasileira cresce 0,4% de dezembro para janeiro

Setor teve expansão de 0,8% na média móvel trimestral
Indústria brasileira cresce 0,4% de dezembro para janeiro
Economia

Em nova coleção, Malwee aposta em versatilidade e moda atemporal

Marca apresenta peças atemporais como moletons, malhas texturizadas, calças jogger, jeans e tricôs clássicos para serem usados por vários invernos
Em nova coleção, Malwee aposta em versatilidade e moda atemporal
Ver mais de Economia