Delivery Much
ECONOMIA

Juros recuam com produção industrial, mas curva não mostra corte da Selic

03 Mai 2019 - 11h02Por Luciana Antonello Xavier

Os juros futuros começaram a sessão desta sexta-feira, 3, em leve queda, reagindo à produção industrial, que caiu 1,3% em março ante fevereiro, ficando no piso das estimativas do Projeções Broadcast, que iam de -1,30% a uma ligeira alta de 0,10%. A menos de uma semana da decisão do Copom, o dado do IBGE chega para corroborar a percepção de fraqueza da economia, embora as apostas para a reunião de maio seja de manutenção da Selic em 6,50% ao ano.

Mas a curva ainda não precificava corte da taxa básica de juro este ano, segundo operadores. Às 9h15, a taxa do contrato interfinanceiro (DI) para janeiro de 2021 exibia 7,10%, de 7,14% no ajuste de quinta-feira (2). O DI para janeiro de 2023 marcava a 8,21%, na mínima, de 8,24%, enquanto o vencimento para janeiro de 2025 exibia 8,74%, na máxima, de 8,76% no ajuste anterior.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Obras de arte da duplicação da BR-280 são licitadas

Cinco empreiteiras participaram do processo licitatório, que compreende as obras de arte especiais do trecho - Ponte do Portal, Viaduto do Manne e elevado no bairro Avaí
Obras de arte da duplicação da BR-280 são licitadas
Economia

Vendas no comércio catarinense crescem 6,3% em novembro

O desempenho supera a média nacional de 4,1%. É a sexta taxa positiva consecutiva
Vendas no comércio catarinense crescem 6,3% em novembro
Economia

Santa Catarina registra crescimento de 11,1%, o segundo maior do país

O Estado apresentou resultado positivo em quatro indicadores da indústria no acumulado de 2020
Santa Catarina registra crescimento de 11,1%, o segundo maior do país
Economia

Dólar fecha com pequena queda, vendido a R$ 5,31

Bolsa caiu 1,44% em dia de ajustes
Dólar fecha com pequena queda, vendido a R$ 5,31
Ver mais de Economia