Dia internacional das Mulheres
ECONOMIA

Juro no crédito livre sobe a 37,7% em janeiro; cheque especial sobe a 315,6%

27 Fev 2019 - 12h19Por Fabrício de Castro e Eduardo Rodrigues

A taxa média de juros no crédito livre subiu de 35,6% ao ano em dezembro para 37,7% ao ano em janeiro, informou nesta quarta-feira, 27, o Banco Central. Em janeiro de 2018, essa taxa estava em 41,1% ao ano. Para pessoa física, a taxa média de juros no crédito livre passou de 48,9% para 51,4% ao ano de dezembro para janeiro, enquanto para pessoa jurídica foi de 18,8% para 20,2% ao ano.

Entre as principais linhas de crédito livre para a pessoa física, destaque para o cheque especial, cuja taxa passou de 312,6% ao ano para 315,6% ao ano de dezembro para janeiro. No crédito pessoal, a taxa passou de 41,7% para 43,8% ao ano.

Desde julho do ano passado, os bancos estão oferecendo um parcelamento para dívidas no cheque especial. A opção vale para débitos superiores a R$ 200. A expectativa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) era de que essa migração do cheque especial para linhas mais baratas acelerasse a tendência de queda do juro cobrado ao consumidor.

Os dados divulgados nesta quarta pelo Banco Central mostraram ainda que, para aquisição de veículos, os juros foram de 21,7% ao ano em dezembro para 22,4% em janeiro.

A taxa média de juros no crédito total, que inclui operações livres e direcionadas (com recursos da poupança e do BNDES), foi de 23,2% ao ano em dezembro para 24,7% ao ano em janeiro. Em janeiro de 2018, estava em 25,6%.

ICC

Já o Indicador de Custo de Crédito (ICC) subiu 0,3% em janeiro ante dezembro, aos 20,8% ao ano. O porcentual reflete o volume de juros pagos, em reais, por consumidores e empresas no mês, considerando todo o estoque de operações, dividido pelo próprio estoque. Na prática, o indicador reflete a taxa de juros média efetivamente paga pelo brasileiro nas operações de crédito contratadas no passado e ainda em andamento.

Spread

O spread bancário médio no crédito livre subiu de 27,8 pontos porcentuais em dezembro para 30,2 pontos porcentuais em janeiro, informou o Banco Central.

O spread médio da pessoa física no crédito livre foi de 40,7 para 43,5 pontos porcentuais no período. Para pessoa jurídica, o spread médio passou de 11,5 para 13,1 pontos porcentuais.

O spread médio do crédito direcionado foi de 3,7 para 4,3 pontos porcentuais de dezembro para janeiro.

Já o spread médio no crédito total (livre e direcionado) passou de 17,0 para 18,6 pontos porcentuais no período.

Inadimplência

A taxa de inadimplência no crédito livre subiu de 3,8% em dezembro para 4,0% em janeiro, informou o Banco Central. Em janeiro de 2018, a taxa estava em 5,0%.

Para pessoa física, a taxa de inadimplência permaneceu em 4,8%. Para as empresas, a taxa foi de 2,7% para 2,9%.

A inadimplência do crédito direcionado passou de 1,7% para 1,8% na passagem de dezembro para janeiro.

Já o dado que considera o crédito livre mais o direcionado mostra que a taxa de inadimplência foi de 2,8% para 2,9%.

Endividamento

O endividamento das famílias brasileiras com o sistema financeiro ficou estável em 42,5% em dezembro, mesmo patamar de novembro, informou o Banco Central. Se forem descontadas as dívidas imobiliárias, o endividamento foi de 24,1% em dezembro, como em novembro.

O cálculo do BC leva em conta o total das dívidas dividido pela renda no período de 12 meses. Além disso, incorpora os dados da Pesquisa Nacional de Amostragem Domiciliar (Pnad) contínua e da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), ambas do IBGE.

Segundo o BC, o comprometimento de renda das famílias com o Sistema Financeiro Nacional (SFN) ficou em 19,8% em dezembro, mesmo nível de novembro. Descontados os empréstimos imobiliários, o comprometimento da renda foi de 17,4% em dezembro, como em novembro.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

IPTU 2021 vence dia 10 de março em Jaraguá

Quem optar pelo pagamento a vista terá desconto de 10%
Política

Licitação para reforma da escola Albano Kanzler deve ser lançada em 30 dias

Obra é aguardada há 20 anos pela comunidade
Licitação para reforma da escola Albano Kanzler deve ser lançada em 30 dias
Economia

Transporte rodoviário tem novo piso mínimo de frete

Tabela foi publicada hoje no Diário Oficial da União
Transporte rodoviário tem novo piso mínimo de frete
Geral

Presidente e diretor de Inovação da CDL falam sobre aplicativo da entidade

Aplicativo CDL Box vai trazer benefícios para lojistas e consumidores
Presidente e diretor de Inovação da CDL falam sobre aplicativo da entidade
Ver mais de Economia