Joaçaba Pneus
ECONOMIA

JSL apresenta à CVM pedido de IPO da Vamos Locadora de Caminhões

26 Fev 2019 - 00h32Por Letícia Fucuchima e Aline Bronzati

Em fato relevante divulgado na noite desta segunda-feira, 25, a JSL informou ter apresentado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o pedido de registro da oferta pública de distribuição primária e secundária de ações ordinárias da Vamos Locação de Caminhões, Máquinas e Equipamentos S.A., sua controlada.

De acordo com o documento, a oferta foi aprovada em assembleia geral extraordinária da Vamos realizada nesta segunda, conjuntamente com o pedido de registro de companhia aberta junto à CVM e com a submissão do pedido de adesão da empresa ao Novo Mercado da B3.

A retomada dos planos de abertura de capital da Vamos foi antecipada pela Coluna do Broadcast. A empresa chegou a cogitar a possibilidade de uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) no ano passado, mas o plano não avançou. Agora, a ideia é tentar aproveitar os números do quarto trimestre de 2018 para emplacar o IPO e a melhora no humor dos investidores da bolsa. A empresa quer levantar R$ 1,3 bilhão com a oferta. Os bancos que vão coordenar a operação já foram contratados: BB Investimentos, Santander Brasil, Bradesco, BTG Pactual e Bank of America Merril Lynch.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Rede catarinense Havan inaugura 160ª filial

Esta é a primeira loja da rede no estado sergipano. Atualmente, a Havan está presente em 18 estados brasileiros, mais o Distrito Federal
Rede catarinense Havan inaugura 160ª filial
Economia

Decisão sobre reajuste de bandeiras tarifárias deve sair até o dia 30

Aumento pode passar de 20%, diz diretor da Aneel
Decisão sobre reajuste de bandeiras tarifárias deve sair até o dia 30
Economia

Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial

Novo calendário começa nesta sexta-feira, para nascidos em janeiro
Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial
Economia

FIESC defende redução temporária do imposto de importação do aço

O insumo teve alta superior a 100% em 12 meses e tem impactado diversos setores, principalmente a construção e o metalmecânico
FIESC defende redução temporária do imposto de importação do aço
Ver mais de Economia