vacina
ECONOMIA

IPC-S de abril fecha com alta de 0,63% e atinge 5,19% em 12 meses, diz FGV

02 Mai 2019 - 09h27Por Caio Rinaldi

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC-S) de abril subiu 0,63%, 0,02 ponto porcentual abaixo da taxa registrada no fechamento de março (0,65%) e 0,06 ponto inferior à última leitura do indicador (0,69%). Com este resultado, informa a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira, 2, o indicador acumula alta de 2,21% no ano e 5,19% nos últimos 12 meses.

Nesta apuração, cinco das oito classes de despesa componentes do índice registraram decréscimo em suas taxas de variação. O grupo Alimentação ofereceu a maior contribuição ao movimento, passando de 0,89% para 0,63%, beneficiado pelo arrefecimento em frutas, cuja taxa passou de alta de 2,40% para queda de 0,54%.

Ainda houve perda de intensidade nos grupos: Vestuário (de 1,20% para 0,89%), Transportes (de 1,04% para 0,99%), Habitação (de 0,39% para 0,37%) e Comunicação (de 0,11% para 0,07%). Os destaques ficaram com os itens: roupas (de 1,35% para 0,87%), tarifa de ônibus urbano (de 1,96% para 1,72%), tarifa de eletricidade residencial (de 1,18% para 0,49%) e pacotes de telefonia fixa e internet (de 0,43% para 0,12%), respectivamente.

Por outro lado, houve aceleração em Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,72% para 0,84%), Educação, Leitura e Recreação (de 0,35% para 0,50%) e Despesas Diversas (de 0,48% para 0,61%), com destaque para medicamentos em geral (de 1,36% para 1,74%), show musical (de 2,65% para 4,65%) e bilhete lotérico (de 23,66% para 31,63%).

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia

Implantação do novo sistema comercial teria apresentado instabilidade
Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia
Economia

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC
Geral

Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos

Estado poderá direcionar R$ 23 bilhões para reconstrução
Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos
Política

Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras

Ela substituirá Jean Paul Prates que pediu saída antecipada
Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras
Ver mais de Economia