ECONOMIA

IPC-C1 (baixa renda) sobe 0,49% em fevereiro ante 0,61% em janeiro, diz FGV

07 Mar 2019 - 09h32Por Daniela Amorim

O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) subiu 0,49% em fevereiro, após a alta de 0,61% registrada em janeiro, informou na manhã desta quinta-feira, 7, a Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador é usado para mensurar o impacto da movimentação de preços entre famílias com renda mensal entre um e 2,5 salários mínimos. Com o resultado, o índice acumulou alta de 1,10% no ano. A taxa acumulada em 12 meses foi de 4,81%.

Em fevereiro, o IPC-C1 ficou acima da variação da inflação média apurada entre as famílias com renda mensal entre um e 33 salários mínimos, obtida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Brasil (IPC-BR), que teve alta de 0,35% no mês. No acumulado em 12 meses, a taxa do IPC-BR também foi inferior, aos 4,38%.

As famílias de baixa renda gastaram mais com alimentação em fevereiro, o que impediu um arrefecimento mais expressivo da inflação medida pelo índice.

Quatro das oito classes de despesa registraram taxas de variação mais baixas em fevereiro na comparação com o mês anterior: Transportes (de 1,84% em janeiro para 0,22% em fevereiro), Educação, Leitura e Recreação (de 2,00% para -0,24%), Despesas Diversas (de 0,27% para 0,08%) e Comunicação (de 0,01% para -0,05%). Houve influência dos itens tarifa de ônibus urbano (de 3,87% para 0,71%), cursos formais (de 6,40% para 0,00%), alimentos para animais domésticos (de 1,06% para -0,16%) e pacotes de telefonia fixa e internet (de 0,51% para 0,00%).

Na direção oposta, as taxas foram mais elevadas nos grupos Habitação (de 0,19% para 0,40%), Saúde e Cuidados Pessoais (de -0,02% para 0,50%), Alimentação (de 0,84% para 0,97%) e Vestuário (de -0,56% para -0,04%). Os destaques foram os itens tarifa de eletricidade residencial (de 0,12% para 1,56%), artigos de higiene e cuidado pessoal (de -0,54% para 0,99%), hortaliças e legumes (de 2,37% para 6,22%) e roupas (de -0,65% para 0,06%).

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Decreto estadual mantém medidas contra a Covid-19 por mais duas semanas

Todas as atividades deverão observar os protocolos e regramentos sanitários específicos estabelecidos pela Secretaria de Estado da Saúde
 Decreto estadual mantém medidas contra a Covid-19 por mais duas semanas
Geral

Jaraguá do Sul é destaque no Dia Mundial da Reciclagem

Dados de uma pesquisa referente ao ano de 2020, revelaram que 91% da população entrevistada em nosso município pratica a reciclagem em suas residências.
Jaraguá do Sul é destaque no Dia Mundial da Reciclagem
Economia

Senado aprova suspensão no aumento de preço de medicamentos em 2021

Texto determina a reversão de reajustes já aplicados neste ano
Senado aprova suspensão no aumento de preço de medicamentos em 2021
Economia

Programa de redução de salário preserva 1,5 milhão de empregos

Empresas de serviço e de comércio têm usado mais programa do governo
Programa de redução de salário preserva 1,5 milhão de empregos
Ver mais de Economia