ECONOMIA

Inflação na zona do euro desacelera a 1,9% em novembro, menor nível desde maio

17 Dez 2018 - 07h11

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu 1,9% na comparação anual de novembro, perdendo força em relação ao aumento de 2,2% verificado em outubro, segundo dados finais divulgados hoje pela agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat. O resultado de novembro, o menor desde maio deste ano, veio abaixo da estimativa prévia e da projeção de analistas consultados pelo Wall Street Journal, de alta de 2% em ambos os casos.

A leitura final deixou a inflação na zona do euro em linha com a meta do Banco Central Europeu (BCE), que é de uma taxa ligeiramente inferior a 2%.

Em relação a outubro, o CPI da região caiu 0,2% em novembro, em linha com a projeção do mercado.

Apenas o núcleo do CPI do bloco, que exclui os preços de energia e de alimentos, recuou 0,3% em novembro ante o mês anterior, mas registrou acréscimo de 1% na comparação anual. Fonte: Dow Jones Newswires.

Matérias Relacionadas

Economia

Projeção de crescimento de Guaramirim atrai investimentos na construção civil

Com este desenvolvimento natural, impulsionado pela geração de vagas de emprego e importantes obras estruturais, o município também ganha um novo conceito de empreendimento, representado pelo Residencial Torres de Turim
Projeção de crescimento de Guaramirim atrai investimentos na construção civil
Economia

Sorteio da Quina de São João será neste sábado

Prêmio de R$ 170 milhões é o maior do concurso
Sorteio da Quina de São João será neste sábado
Economia

Banco Central nega possibilidade de golpe com Pix agendado

Segundo órgão, mensagem que circula na internet não passa de rumor
Banco Central nega possibilidade de golpe com Pix agendado
Economia

Governo deve anunciar prorrogação do auxílio nesta semana, diz Guedes

Ministro se reuniu com empresário na Fiesp, em São Paulo
Governo deve anunciar prorrogação do auxílio nesta semana, diz Guedes
Ver mais de Economia