Dia internacional das Mulheres
ECONOMIA

Indústria opera 17,0% abaixo do pico de produção visto em maio de 2011, diz IBGE

13 Mar 2019 - 12h49Por Daniela Amorim

A queda de 0,8% registrada pela indústria em janeiro ante dezembro aumentou a distância entre o patamar de produção atual e o ponto mais elevado já registrado na série histórica da Pesquisa Industrial Mensal, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em janeiro, o patamar de produção estava 17,0% menor que o auge alcançado em maio de 2011, em nível semelhante ao de fevereiro de 2009.

"Isso nos ajuda a ter entendimento não só do tamanho das perdas que o setor industrial teve em 2014, 2015 e 2016, mas também que está longe de sustentar trajetória positiva", disse André Macedo, gerente da Coordenação de Indústria do IBGE.

A fabricação de bens de capital estava 39,7% abaixo do pico de produção registrado em setembro de 2013, enquanto os bens de consumo duráveis operavam 30,8% aquém do ápice de produção visto em junho de 2013.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Contribuinte pode destinar parte do IR para projetos sociais de Guaramirim

Todas as pessoas físicas podem fazer doações de recursos financeiros aos Fundos Municipais
Contribuinte pode destinar parte do IR para projetos sociais de Guaramirim
Economia

Aumento da gasolina também causa impacto no preço do etanol

Álcool acumula aumento de 21% desde janeiro
Aumento da gasolina também causa impacto no preço do etanol
Economia

Indústria brasileira cresce 0,4% de dezembro para janeiro

Setor teve expansão de 0,8% na média móvel trimestral
Indústria brasileira cresce 0,4% de dezembro para janeiro
Economia

Em nova coleção, Malwee aposta em versatilidade e moda atemporal

Marca apresenta peças atemporais como moletons, malhas texturizadas, calças jogger, jeans e tricôs clássicos para serem usados por vários invernos
Em nova coleção, Malwee aposta em versatilidade e moda atemporal
Ver mais de Economia