caragua
caragua mobile
ECONOMIA

Ibovespa sobe 1,59% após definições na comissão da reforma da Previdência

25 Abr 2019 - 19h09Por Paula Dias

O mercado brasileiro de ações voltou a se animar com o noticiário em torno da reforma da Previdência e levou o Índice Bovespa a uma alta significativa, reconquistando o patamar dos 96 mil pontos. Entre as principais referências desta quinta-feira, 25, esteve a rápida instalação da comissão especial da reforma da Previdência na Câmara, com definição dos nomes do presidente e do relator da matéria. O aumento da projeção de impacto fiscal da proposta de reforma também repercutiu positivamente, bem como as sinalizações do presidente Jair Bolsonaro sobre a privatização de estatais. Com isso, o principal índice de ações da B3 terminou o dia aos 96.552,03 pontos, na máxima do dia, com ganho de 1,59%. Os negócios somaram R$ 14,9 bilhões.

O Ibovespa chegou a cair 0,88% pela manhã, ainda sob influência das incertezas quanto à capacidade de articulação do governo na reforma previdenciária e com o dólar superando a marca dos R$ 4,00. A virada veio após o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciar os nomes de Marcelo Ramos (PR-AM) e de Samuel Moreira (PSDB-SP) como presidente e relator da proposta do governo na comissão especial. No final da manhã, o Ministério da Economia anunciou que a economia com a proposta de reforma da Previdência subiu de R$ 1,072 trilhão para R$ 1,236 trilhão em dez anos.

Para Felipe Silveira, analista de investimentos da Coinvalores, a quinta-feira contou com alguma melhora na aversão ao risco no cenário externo e com a redução dos temores com a reforma por aqui, embora o ambiente de volatilidade ainda esteja presente no curto prazo.

"A elevação do cálculo de economia com a reforma foi fator positivo por fornecer uma 'gordurinha' a mais para a desidratação que o mercado já espera. É um fator que acaba animando o investidor, pela possibilidade de o resultado final ficar mais em linha com o que se espera", afirmou Silveira. O analista também ressaltou as sinalizações do presidente Jair Bolsonaro sobre a possibilidade de privatização da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) e da Petrobras.

As altas do Ibovespa foram praticamente generalizadas entre as blue chips, com exceção de Vale ON (-0,06%), prejudicada pela queda do preço do minério. O setor financeiro reagiu com altas significativas, tendo à frente B3 ON (+3,79%) e Banco do Brasil ON (+1,64%). Ainda no grupo financeiro, destaque para as ações do Bradesco, depois que a instituição divulgou resultado financeiro trimestral acima das estimativas dos analistas. Bradesco PN fechou em alta de 1,18% e Bradesco ON passou por realização de lucros, com -0,03%.

caragua mobile

Matérias Relacionadas

Economia

Ministério da Agricultura descarta novos casos de doença aviária no RS

Um foco da Doença de Newcastle foi identificado em granja comercial
Ministério da Agricultura descarta novos casos de doença aviária no RS
Economia

Brasil suspende exportações de carne e produtos de aves

Medida preventiva tomada após confirmação de foco de doença no RS
Brasil suspende exportações de carne e produtos de aves
Geral

Agência da Celesc retoma atividades nesta sexta-feira em Jaraguá do Sul

Estatal emite nota e lamenta paralisação ter afetado as lojas de atendimento
Agência da Celesc retoma atividades nesta sexta-feira em Jaraguá do Sul
Mundo

Apagão cibernético afeta sistemas bancários, mídia, aeroportos e telecomunicações

No Brasil, clientes de alguns bancos não conseguiram acessar suas contas
Apagão cibernético afeta sistemas bancários, mídia, aeroportos e telecomunicações
Ver mais de Economia