Delivery Much
ECONOMIA

Herman Cain diz que não pretende retirar candidatura ao conselho do Fed

17 Abr 2019 - 17h50

Herman Cain afirmou nesta quarta-feira que não tem a intenção de retirar seu nome para uma cadeira no conselho do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), apesar da aparente falta de apoio a ele no Senado, após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tê-lo indicado. Em entrevista ao Wall Street Journal, Cain disse que está "muito comprometido" em seguir no processo.

O executivo disse que o Fed precisa de "novas vozes" e que tem sido "muito rápido" para elevar os juros no passado, visão similar à de Trump. O presidente anunciou em 4 de abril que desejava Cain no posto.

Na semana passada, quatro senadores disseram que não apoiariam Cain por preocupações ante seu ativismo conservador e por alegações de assédio sexual, que ele nega. Já seus partidários destacam sua qualificação no mundo dos negócios, bem como sua experiência como diretor do Fed de Kansas. Fonte: Dow Jones Newswires.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Obras de arte da duplicação da BR-280 são licitadas

Cinco empreiteiras participaram do processo licitatório, que compreende as obras de arte especiais do trecho - Ponte do Portal, Viaduto do Manne e elevado no bairro Avaí
Obras de arte da duplicação da BR-280 são licitadas
Economia

Vendas no comércio catarinense crescem 6,3% em novembro

O desempenho supera a média nacional de 4,1%. É a sexta taxa positiva consecutiva
Vendas no comércio catarinense crescem 6,3% em novembro
Economia

Santa Catarina registra crescimento de 11,1%, o segundo maior do país

O Estado apresentou resultado positivo em quatro indicadores da indústria no acumulado de 2020
Santa Catarina registra crescimento de 11,1%, o segundo maior do país
Economia

Dólar fecha com pequena queda, vendido a R$ 5,31

Bolsa caiu 1,44% em dia de ajustes
Dólar fecha com pequena queda, vendido a R$ 5,31
Ver mais de Economia