ECONOMIA

Guedes: se economizar R$ 800 bi, é reforma; se for R$ 1 tri, é novo regime

27 Mar 2019 - 19h54Por Eduardo Rodrigues e Idiana Tomazelli

O ministro da Economia, Paulo Guedes, avaliou nesta quarta-feira, 27, que uma economia de R$ 600 bilhões ou R$ 800 na Previdência é uma reforma, mas um projeto aprovado com potência fiscal de R$ 1 trilhão seria a criação de um novo regime. "Não temos muito tempo para salvar isso que está aí, já está capotando", afirmou.

Ele adotou um tom conciliador para defender a aprovação da reforma. "As pessoas de diversos partidos estão juntas, não somos inimigos. Estamos construindo um País melhor. Vocês estão vendo o que é ter um partido só, olhem a Venezuela", completou.

Guedes ainda avaliou que a última crise econômica decorreu da "generosidade excessiva" do governo Dilma Rousseff. "O penúltimo governo tinha um coração grande e quebrou tudo de tão generoso. Quebrou a Petrobras, quebrou a Caixa. Para ter o coração grande tem que ser eficiente", afirmou, em audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Lojas de Jaraguá ficam abertas até 17h neste sábado

Segundo Talita Beber, presidente da CDL Jaraguá do Sul, o comércio local está preparado com promoções, ações de vendas casadas e, com foco na segurança por causa da pandemia
Lojas de Jaraguá ficam abertas até 17h neste sábado
Economia

Governo do Estado institui o Auxílio Catarina

Benefício emergencial será destinado a mais de 60 mil famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica no estado
Governo do Estado institui o Auxílio Catarina
Economia

Governo do Estado propõe auxílio emergencial para amenizar efeitos da pandemia

O investimento do Executivo será superior a R$ 37 milhões, com recursos já garantidos no orçamento
Governo do Estado propõe auxílio emergencial para amenizar efeitos da pandemia
Economia

Sicredi disponibiliza opção de pagamentos no WhatsApp

Instituição financeira cooperativa oferece nova opção de transferência para os associados por meio de parceria com o Facebook
Sicredi disponibiliza opção de pagamentos no WhatsApp
Ver mais de Economia