Delivery Much
ECONOMIA

Guedes faz pedido de desculpas público a José Guimarães

08 Mai 2019 - 20h51Por Idiana Tomazelli e Lorenna Rodrigues

Após ensaiar um novo embate com os parlamentares na Comissão Especial, o ministro da Economia, Paulo Guedes, recolheu a artilharia e fez um pedido público de desculpas ao deputado José Guimarães (PT-BA) por tê-lo atacado indiretamente ao responder a outro deputados durante audiência da comissão da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados.

O ministro havia dito que "se 'googlar' 'dinheiro na cueca', vai aparecer alguma coisa", numa referência a um episódio em que um assessor do petista foi detido com dólares na cueca. Guimarães não estava presente, mas ganhou um direito de resposta.

O deputado disse que talvez fosse um dos poucos no plenário que não tem nenhum processo em curso no Supremo Tribunal Federal (STF) e lembrou que foi inocentado no caso dos dólares na cueca. "O senhor deveria ter mais zelo pelo cargo de ministro. Reflita sobre isso, o senhor é ministro", disse a Guedes.

O ministro, então, afirmou que fazia questão de pedir publicamente desculpas ao parlamentar. Ele reconheceu que acabou desrespeitando Guimarães ao reagir a outra deputada. "Respeito quem é respeitoso. Fui desrespeitado por outra pessoa, não foi o senhor. Peço desculpas", comentou.

Antes da confusão, Guedes disse que o governo está pedindo uma "licença" para criar o regime de capitalização, mas ressaltou que as regras de funcionamento ainda serão avaliadas pelo Congresso. Ele também apontou que o governo vai fazer a reforma tributária também, mas há uma ordem de propostas mais urgentes - a Previdência está no topo da lista. "Estamos pagando o preço (de uma reforma robusta). Poderíamos deixar para outros governos", afirmou.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Guias do IPTU 2021 de Jaraguá devem ser enviadas pelo correio até 10 de fevereiro

Guias do IPTU 2021 de Jaraguá devem ser enviadas pelo correio até 10 de fevereiro
Geral

Santa Catarina exigirá rastreabilidade do leite para dar mais segurança ao consumidor

Na prática, os estabelecimentos que recebem leite ou processam leite cru refrigerado terão que rastrear toda a matéria-prima e solicitar os exames de brucelose e tuberculose dos bovinos de seus fornecedores
Santa Catarina exigirá rastreabilidade do leite para dar mais segurança ao consumidor
Geral

IPVA 2021: prazo para pagamento em cota única termina no dia 1º de fevereiro

O prazo para pagamento em três vezes sem juros terminou no último dia 10
Economia

Apostador de Fortaleza acerta os seis números sorteados na Mega-Sena

Os números sorteados neste sábado foram 02, 09, 34, 49, 51, 55
Apostador de Fortaleza acerta os seis números sorteados na Mega-Sena
Ver mais de Economia